NOCAUTE TÉCNICO

McGregor nocauteia Cerrone em 40s na luta principal do UFC 246

Lutador estava há mais de um ano afastado das competições e retornou na madrugada deste domingo
19/01/2020 12:36 - AGÊNCIA ESTADO


 

Depois de mais de um ano afastado das competições, período em que procurou se distanciar das polêmicas, Conor McGregor teve um retorno triunfal. Na luta principal do UFC 246, em Las Vegas, válida pelo peso meio-médio, o irlandês precisou de apenas 40 segundo para derrotar o norte-americano Donald Cerrone por nocaute técnico.

"Eu fiz história esta noite, construí um novo recorde. Sou o primeiro lutador da história do UFC a nocautear nos penas, nos leves e agora no peso meio médio. Estou muito orgulhoso disso", disse McGregor.

O irlandês, apelidado de "Notorious", voltou a vencer após mais de três anos. Seu último triunfo havia sido em novembro de 2016, quando bateu o norte-americano Eddie Alvarez. McGregor afirmou que pretende seguir lutando nos 77 kg e pode, assim, duelar contra Jorge Masvidal ou Kamaru Usman.

Sedento pela vitória, McGregor foi preciso e letal. Ele aplicou duros golpes assim que a luta foi iniciada e acertou um chute em cheio na cabeça de Cerrone, para deixar o rival atordoado. Na sequência, desferiu socos até o árbitro Herb Dean interromper o embate.

VITÓRIA BRASILEIRA  

Único representante do Brasil no UFC 246, Carlos Diego Ferreira fez bonito em Las Vegas. O amazonense dominou e finalizou o norte-americano Anthony Pettis, ex-campeão do peso leve, no 2º round da luta do card principal, conseguindo o triunfo mais importante de sua carreira.

Radicado nos Estados Unidos e pouco conhecido no Brasil, Diego Ferreira finalizou Pettis com um mata leão a 1min46s do segundo round. Foi o sexto triunfo do brasileiro, que não perde desde 2015. Já o norte-americano amargou seu segundo revés seguido.

Vale lembrar que o combate entre Claudia Gadelha x Alexa Grasso foi cancelado porque a rival da brasileira estava acima do limite de peso permitido.

Nas outras três lutas do card principal, Holly Holm venceu Raquel Pennington por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28), o ucraniano Alexey Oleinik derrotou Maurice Greene por finalização no segundo round e Brian Kelleher superou Ode Osbourne por finalização no primeiro round.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".