Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

STOCK CAR 2019

Maurício passa Navarro em corrida 2 acidentada e vence em Santa Cruz do Sul

21 JUL 19 - 11h:56RAFAEL RIBEIRO

A corrida 2 que encerrou a rodada dupla da Stock Car em Santa Cruz do Sul, na tarde deste domingo (21), foi insana e teve de tudo: acidentes fortes, entradas do safety-car e imprevisibilidade do início ao fim. A prova, que foi marcada por um susto com a batida de Bia Figueiredo na barreira de pneus, teve a vitória de Ricardo Maurício, que apareceu com forte ritmo no fim da corrida e fez a ultrapassagem derradeira sobre um aguerrido e surpreendente Denis Navarro, que pintou até com chances de vencer no interior gaúcho e finalizou em segundo lugar. Nelsinho Piquet terminou no pódio, em terceiro.

Guga Lima foi outra grande surpresa e garantiu seu melhor resultado na Stock Car, em quarto. Galid Osman despontou como grande favorito à corrida depois de ultrapassar Lucas Foresti nas voltas iniciais, mas enfrentou perda de ritmo por conta do alto desgaste dos pneus e viu a vitória lhe escapar pelas mãos. Ainda assim, o piloto da Shell Helix Ultra completou em quinto. Júlio Campos marcou pontos preciosos com o sexto lugar na corrida 2, seguido por Daniel Serra, que reforçou a liderança do campeonato. Cacá Bueno foi o oitavo, à frente do jovem Pedro Cardoso, enquanto Max Wilson foi o décimo.

A sexta etapa da temporada 2019 da Stock Car acontece justamente em Campo Grande no próximo dia 11 de agosto. O

Saiba como foi a corrida 2 da etapa de Santa Cruz do Sul da Stock Car

Pouco antes da largada, a Stock Car anunciou os vencedores do Fan Push para a corrida 2: Agustín Canapino, Rubens Barrichello, Thiago Camilo, Bia Figueiredo, Nelsinho Piquet e Lucas Foresti, o piloto que largou na primeira posição da prova. Mas a primeira volta da corrida foi muito confusa, marcada por muitos toques e abandonos. Gabriel Casagrande, Allam Khodair, Marcel Coletta, Rafael Suzuki, Átila Abreu e Bruno Baptista ficaram pelo caminho ainda no início.

Por conta dos múltiplos incidentes, a direção de prova acionou o safety-car. A bandeira verde só voltou a tremular no interior gaúcho na quarta volta. Foresti manteve a ponta, seguido de perto por Barrichello, Galid Osman, Max Wilson e Cacá Bueno. Serra aparecia na sexta posição, logo à frente de Júlio Campos, com Denis Navarro, Canapino e Zonta completando o top-10.

Barrichello aumentou o ritmo para tentar ultrapassar Foresti. Só que o safety-car voltou à pista de novo depois do forte acidente sofrido por Bia Figueiredo, que perdeu o controle do carro e acertou a barreira de pneus muito perto da base do fiscal de pista. A pilota da A.Mattheis/Ipiranga conseguiu voltar à pista. No mesmo momento, César Ramos também abandonou a corrida.

A corrida foi retomada no seu ritmo normal na sétima volta, e novamente Barrichello pressionava Foresti pela liderança da prova. Quem vinha logo atrás e também estava na briga pela vitória era Galid Osman, dando sequência a uma performance crescente ao longo da temporada. A batalha era entre os três, com o segundo pelotão formado por Wilson, Cacá, Serra e Campos aparecendo logo atrás.

Estava claro que o ritmo de Foresti era mais lento em relação aos outros pilotos e, por isso, um grande pelotão se formava logo atrás do carro #12 da equipe Vogel. Galid deu o pulo do gato no início da volta #10 e fez a ultrapassagem sobre Barrichello na entrada da curva 1. O #111 também foi superado por Wilson e Cacá, caindo para quinto. Assim, Osman despontava como maior adversário de Foresti na briga pela ponta.

Agressivo, Osman fez grande manobra de ultrapassagem na volta seguinte, superou Foresti e assumiu a liderança da corrida. Mais atrás, Canapino teve de abandonar depois de um incidente envolvendo Gaetano di Mauro. Galid partiu para abrir grande vantagem na ponta, enquanto Foresti segurava o pelotão que o perseguia.

De fato, Foresti acabou sendo determinante para o resultado da corrida. Barrichello e Wilson levaram muito tempo, mas finalmente conseguiram fazer a ultrapassagem sobre o brasiliense, que sofria muito com o desgaste de pneus. Quem surpreendia ao aparecer na quinta posição era Nelsinho Piquet, mas o #33 ainda tinha de fazer seu pit-stop obrigatório.

Com ótima performance dos pneus, Nelsinho acelerava forte e fazia a ultrapassagem sobre Barrichello. Pouco depois, com a ida de Galid para os boxes fazer seu pit-stop, Piquet assumiu a liderança da corrida. O piloto da Full Time buscou aproveitar a pista livre para tentar fazer a parada obrigatória e tentar voltar à frente de Osman.

Mas Osman retomou a liderança da corrida, com uma surpresa na segunda colocação: Denis Navarro. Ricardo Maurício aparecia em terceiro, com Guga Lima também surpreendendo na quarta colocação. Lima era pressionado por Nelsinho Piquet, que voltava em quinto.

Nas voltas finais, Galid começou a apresentar lentidão e não conseguiu oferecer resistência a Navarro, que estava perto e fez a ultrapassagem para assumir a liderança com menos de dez minutos para o fim da corrida. Osman também foi superado por Maurício, que subia para segundo da prova. Mais atrás, Barrichello aparecia em nono lugar, atrás de Júlio Campos e Daniel Serra. Outro piloto que surpreendia positivamente era Pedro Cardoso, em sexto.

Com cinco minutos para o fim, a corrida ainda estava totalmente aberta. Maurício estava mais rápido que Navarro e lutava pelo primeiro lugar. Piquet fez a ultrapassagem sobre Galid e subiu para terceiro, com Lima pressionando o piloto da Shell Helix Ultra. Mais atrás, Serra fazia a ultrapassagem sobre Pedro Cardoso

Restando dois minutos para o fim da corrida, Maurício deu o bote final e fez a ultrapassagem sobre Navarro para tomar de vez a liderança da corrida, partindo assim para sua segunda vitória na temporada 2019 da Stock Car.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Modalidade mais democrática do Parapan, atletismo promete medalhas
JOGOS PARAPAN-AMERICANOS 2019

Modalidade mais democrática, atletismo promete medalhas

São Paulo mantém boa fase e vence Athletico-PR na Arena da Baixada
BRASILEIRÃO

São Paulo mantém boa fase e vence Athletico-PR

Brasil busca 1º lugar geral no Parapan de Lima
JOGOS PARAPAN-AMERICANOS 2019

Brasil busca 1º lugar geral no Parapan de Lima

Cristiano Ronaldo critica valores de transferências no futebol: 'São surreais'
FUTEBOL 2019

CR7 critica valores de transferências no futebol

Mais Lidas