Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COBRANÇA

Mattos recebe ameaças de morte após mau desempenho do Palmeiras

Mattos recebe ameaças de morte após mau desempenho do Palmeiras
21/08/2017 14:45 - Folhapress


 

O diretor de futebol, Alexandre Mattos, tem recebido ameaças de morte com o fraco desempenho do Palmeiras. Números desconhecidos enviaram mensagens ao cartola palmeirense exigindo a sua saída do clube.

A informação foi publicada pelo "Globoesporte.com" e confirmada pela diretoria de comunicação palmeirense. O dirigente não vai comentar o assunto.

"Se não sair do Palmeiras vai morrer, seu 'fdp'" é um dos exemplos citados por Mattos para os funcionários do Palmeiras. A princípio, ele não registrará um boletim de ocorrência.

Mattos tem sido principal alvo de críticas após a queda na Copa do Brasil e na Libertadores. O planejamento do diretor que ganhou dois títulos em dois anos de clube é sempre colocado em pauta, especialmente pelos mais de R$ 100 milhões investidos em contratação.

Internamente, o dirigente também vive o seu pior momento desde a sua chegada. As críticas que antigamente se concentravam em um pequeno grupo de seguidores do ex-presidente Mustafá Contursi agora ganhou adeptos. Para se defender, Mattos diz que recuperou o orgulho do torcedor palmeirense após chegar em uma equipe que brigava para não cair em 2014.

Apesar da verba investida, o clube mantém firme seu propósito de acabar com as dívidas até 2018 por conta do grande apoio da Crefisa. Com o parceiro, o clube só gasta com os salários e não se preocupa com o preço das contratações.

Desde a queda na competição sul-americana, as críticas a Cuca também foram intensificadas. No momento, a diretoria não pensa na troca do comando. Em coletiva de imprensa, o técnico também afirmou que não pedirá para sair.

Com 33 pontos, o Palmeiras está na 4ª colocação do Brasileirão, um ponto acima do Flamengo, o 5º, e quatro atrás do 3º, o Santos. A distância para o líder Corinthians, que ainda tem um jogo a menos, é de 14 pontos.

Felpuda


Certa pré-candidatura à Prefeitura de Campo Grande nasceu com grandes brechas que certamente serão usadas pelos adversários no período da campanha eleitoral, segundo voz corrente nos bastidores políticos. Uma delas: como o postulante vai dizer que fará boa administração se no período em que administrou conhecida instituição passou boa parte do tempo reclamando de crise financeira e ameaçando fechar as portas?