Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CORINTHIANS

Justiça manda Corinthians pagar R$ 7,8 milhões à CET; clube pode recorrer

1 SET 17 - 12h:30FolhaPress

Em decisão publicada nesta sexta-feira (1º), no Diário Oficial, o Corinthians foi condenado a pagar R$ 7.848.609,27 à CET (Companhia de Engenharia de Tráfego).

Trata-se de uma das diversas ações movidas pela empresa contra clubes paulistas em função de operações de trânsito realizadas desde 2005. Como a decisão é de primeira instância, o clube poderá recorrer. Ainda de acordo com a publicação, o valor deverá ser atualizado desde julho de 2016 com a incidência de juros de 1% ao mês, além de honorários advocatícios.

No caso do Corinthians especificamente, a multa é referente a jogos sediados pelo clube entre 2005 e 2016. Foi justamente há 12 anos que uma decisão da justiça abriu precedente para que a CET partisse para esse tipo de cobrança.

"A Lei 14.072/05 autorizou a Companhia de Engenharia de Tráfego - CET a cobrar pelos custos operacionais de serviços prestados, relativos à operação do sistema viário, decorrentes da realização de eventos, inclusive seus ensaios, realizados em via aberta à circulação, ou em locais fechados cujos reflexos possam perturbar ou interromper a livre circulação de veículos e pedestres, ou colocar em risco sua segurança", diz o processo.

"A CET foi obrigada a elaborar esquema especial de trânsito, disponibilizando agentes para monitoramento e materiais de sinalização, entre outros. Desse modo, mais que razoável exigir do causador do serviço extraordinário a recomposição dos gastos públicos, e não da coletividade, que apenas é beneficiada indiretamente", acrescenta ainda.

A CET argumenta que, em 2005, a Lei Municipal nº 14.072/2005 determinou que os clubes passariam a ser responsáveis por arcar com as despesas das ações da companhia para minimizar problemas no trânsito durante as partidas.

Em contato com a reportagem, o advogado Diógenes Mello, que representa o Corinthians, disse que ainda não tinha ciência completa sobre a decisão e que forneceria esclarecimentos sobre a posição do clube mais adiante.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

EUA e Suécia seguem para as quartas de final no mundial feminino
COPA DO MUNDO

EUA e Suécia seguem
para as quartas de final

Com adversário indefinido, Seleção desembarca em Porto Alegre
COPA AMÉRICA 2019

Com adversário indefinido, Seleção desembarca no RS

VÔLEI

Brasil vence Rússia e avança à fase final da Liga das Nações

Jogos de hoje definem adversário do Brasil nas quartas de final
COPA AMÉRICA 2019

Jogos de hoje definem adversário do Brasil nas quartas de final

Mais Lidas