Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

EXPECTATIVA

Judô brasileiro quer cinco medalhas, uma a mais <br>que no Mundial anterior

Judô brasileiro quer cinco medalhas, uma a mais <br>que no Mundial anterior
23/08/2015 14:15 - Folhapress


A expectativa da delegação brasileira de judô, que terá 18 atletas em Astana, no Cazaquistão, é obter cinco medalhas, uma a mais em relação ao Mundial do ano passado, em Cheliabinsk (Rússia).

Na cidade russa, as mulheres obtiveram três pódios e os homens, apenas um, com Rafael Silva no peso-pesado.

Ele é desfalque na competição, que começa na madrugada desta segunda-feira, por motivo de lesão.

A confederação brasileira quer que a equipe masculina tenha uma participação mais expressiva e fature, pelo menos, duas medalhas.

Apesar de ficar cerca de dois anos afastado de grandes competições e ser apenas o 66º do ranking, o experiente Leandro Guilheiro, 32, pode ser um trunfo.

Duas vezes medalhista olímpico de bronze, ele volta à seleção na categoria meio-médio (até 81 kg). Além dele, Victor Penalber também disputa o mesmo peso.

Outras chances de pódio no masculino são Charles Chibana (no meio-leve, até 66 kg) e David Moura (no pesado, acima de 100 kg).

As mulheres, que têm sido mais constantes em nível mundial, têm em Érika Miranda (meio-leve, até 52 kg) e Mayra Aguiar (meio-pesado, até 78 kg) as melhores apostas.

Felpuda


A tal estratégia de jogar informações nas redes sociais com objetivo de prejudicar adversários está começando a gerar reações. Uma dessas figurinhas vai ter de explicar, na Justiça, o por quê de postagem trazendo suspeitas pesadas contra cabeça coroada, que não gostou nadica de nada de ver o seu nome sendo usado como “bucha de canhão” para fins eleitoreiros. Vem chumbo grosso por aí! E sai debaixo!...