Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BASQUETE

Smith renova com os Cavaliers após buscar outros times

Smith chegou aos Cavs em janeiro, em troca com o New York Knicks
21/08/2015 14:50 - GAZETA ESPORTIVA


 

O veterano armador J.R. Smith continuará defendendo o Cleveland Cavaliers, vice-campeão da temporada passada da NBA. Na noite desta quinta-feira, ele anunciou que acertou novo acordo um ano com a franquia depois de não ter exercido seu direito de renovação automática ao fim do último campeonato.

Smith chegou aos Cavs em janeiro, em troca com o New York Knicks. Ele tinha em seu contrato a possibilidade de renovação automática, mas preferiu não utilizar a cláusula e negociar com outras equipes durante o verão. Não deu certo e o veterano acertou novo contrato de um ano – também com opção de renovação por outra temporada – por um valor menor do que seu vínculo anterior.

Segundo a imprensa norte-americana, J.R. Smith receberá 5 milhões de dólares pela temporada, 1.4 a menos do que na edição passada do campeonato. Em seu contrato há um cláusula que impede os Cavaliers de o envolverem em trocas com outra franquia.

“Feliz em dizer que estou voltando aos Cavs. Quando optei por não renovar o contrato, queria entender o cenário da NBA e onde eu me encaixaria melhor. Os Cavaliers tinham coisas a fazer para montar um elenco com calibre de campeão. E eu acabei decidindo que, em vez de possivelmente conseguir um contrato melhor em outro lugar, era melhor voltar a uma organização incrível para perseguir o objetivo máximo, um título da NBA”, declarou Smith.

Felpuda


Considerados “traíras” por terem abandonado o barco diante dos indícios da chegada da borrasca à antiga liderança, alguns pré-candidatos terão de se esforçar para escapar da, digamos assim, vingança, velha conhecida da dita figurinha. Dizem por aí que há promessas nesse sentido, para que os resultados dos “vira-casacas” nas urnas sejam pífios. Sabe aquela velha máxima: “Pisa. Mas, quando eu levantar, corre!” Pois é...