NOVIDADE

Jogos Olímpicos de Paris-2024 <br>poderão incluir jogos de videogame

Jogos Olímpicos de Paris-2024 <br>poderão incluir jogos de videogame
08/08/2017 20:00 - Terra


 

O mundo dos games pode estar a caminho dos Jogos Olímpicos de Paris-2024. Em entrevista à agência Associated Press, Tony Estanguet, copresidente da candidatura da capital francesa, afirmou que novidades podem surgir no programa olímpico de 2024. Uma delas seria os e-Sports (jogos de videogame). 

"Os jovens estão interessados em e-Sports e este tipo de coisa. Vamos dar uma olhada nisso, vamos conversar com eles. Vamos ver se conseguimos estabelecer algumas pontes [entre os e-Sports e a Olimpíada]", revelou Estanguet, que visa aproveitar o momento favorável desta modalidade para ganhar o público jovem. 

Nos últimos anos, os torneios mundiais de videogames tomaram arenas e estádios em diversos países, incluindo o Brasil. O e-Sports já estará nos Jogos Asiáticos de 2022. Os formados e jogos ainda não foram definidos. 

Para o dirigente francês, se o movimento olímpico visa manter relevância com as novas gerações, os games devem ser reconhecidos como esporte.

"Não quero dizer 'não' desde o começo. Acho que será interessante interagir com o Comitê Olímpico Internacional (COI), com eles, e a família do e-sports, para entender melhor o processo de disputa e por que tem feito tanto sucesso."

Paris será oficializada como sede dos Jogos de 2024 no Congresso do COI em setembro, na cidade de Lima, no Peru.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".