Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BRASILEIRÃO

Jô traz alívio, Corinthians vence<BR> Botafogo e abre 7 pontos

Jô traz alívio, Corinthians vence<BR> Botafogo e abre 7 pontos
02/07/2017 17:38 - FOLHAPRESS


 

Não foi fácil, mas o Corinthians encontrou alívio na reta final da partida deste domingo (2), contra o Botafogo, na Arena. Com direito a pênalti perdido e eficiente marcação dos visitantes, um gol de Jô aos 34min serviu para assegurar a vitória por 1 a 0.

Dois personagens merecem ser citados pelo lance decisivo. Fábio Carille, que fez boas modificações, e o jovem Pedrinho, acionado para fazer uma linda jogada que terminou com o gol de Jô.

Com um lindo chapéu logo após entrar, Pedrinho teve participação fundamental quando o jogo estava complicado. No talento e na raça, criou a jogada concluída por Jô, com muita insistência, após tentativa de Rodriguinho. O gol da vitória do líder.

Jô teve ainda uma chance para aumentar o placar. Em um erro do árbitro Rodolpho Toski, que assinalou penalidade de Marcelo em Arana em lance cometido fora da área, o atacante foi o escolhido para bater o pênalti. Jô, porém, desperdiçou a segunda de três cobranças na temporada.

Mesmo assim, o sentimento ao fim do jogo era de alívio total para o Corinthians, que encontrou dificuldades, mas venceu em rodada na qual o vice-líder Grêmio perdeu. Com 29 pontos, abriu sete de vantagem na primeira posição.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Arana; Gabriel (Marquinhos Gabriel) e Maycon; Jadson, Rodriguinho (Camacho) e Clayson (Pedrinho); Jô. T.: Fábio Carile

BOTAFOGO
Gatito Fernandez; Arnaldo, Marcelo, Igor Rabello e Victor Luis; Bruno Silva, Dudu Cearense, João Paulo e Gílson (Roger); Camilo (Marcus Vinícius) e Guilherme (Rodrigo Pimpão). T.: Jair Ventura

Gol: Jô, aos 34min do 2º tempo
Cartões amarelos: Fagner, Jadson e Jô (C); Arnaldo e Victor Luís (B)
Estádio: Itaquerão, em São Paulo (SP)
Público: 40.341 pagantes
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)

Felpuda


Nos bastidores poderosos, comentários são de que dois pretensos pré-candidatos estão deixando em polvorosa quem tinha quase certeza de que tudo estava em total “céu de brigadeiro”. Assim, enquanto ambos se movimentam aqui e acolá, o lado de lá está pensando no que fazer para evitar futuro confronto. Vale ressaltar que a dupla tem experiência que só no campo de guerra das eleições – e o desempenho não ficou a desejar.