FUTEBOL

Guardiola diz que nunca quis dirigir o Brasil

Guardiola diz que nunca quis dirigir o Brasil
14/08/2015 05:00 - BAND


 

Há pouco mais de um mês Daniel Alves ganhava as manchetes ao afirmar que o técnico Pep Guardiola, que o comandou no Barcelona, gostaria de treinar o Brasil na Copa do Mundo, mas que alguns detalhes o impediram de fazer o acerto. Agora, o técnico do Bayern de Munique desmentiu o seu ex-atleta.

“Nunca quis dirigir a seleção brasileira. O Brasil tem que ser treinado por um brasileiro. Um brasileiro que conheça o seu futebol. É o melhor. Brasil sempre teve e sempre terá grandes treinadores”, declarou o espanhol em coletiva na Alemanha.

Guardiola também afirmou que nunca chegou a sentar com ninguém da CBF para discutir um possível contrato. O treinador disse que conversava muitas coisas com Dani Alves, mas não revelou se a seleção brasileira estava entre os assuntos.

“Nunca falei com ninguém da federação brasileira. Com Dani Alves conversamos sobre muitas coisas”, limitou-se a dizer o treinador, que estreia no Campeonato Alemão nesta sexta-feira, em casa, contra o Hamburgo.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".