Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

INSUFICIÊNCIA DE PROVA

Grêmio é absolvido no STJD em processo por injúria racial em jogo

Torcedora teria ofendido jogador do Flu

8 JUL 19 - 23h:00ESTADÃO CONTEÚDO

Por 5 votos a 2, o Grêmio foi absolvido da acusação por suposta injúria racial contra o atacante Yony González, do Fluminense. O Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), em julgamento de recurso do clube gaúcho realizado nesta segunda-feira, no Rio, considerou que houve insuficiência de provas na acusação.

Em primeira instância, o Grêmio havia sido condenado a pagar uma multa de R$ 30 mil por ocasião de uma suposta ofensa (infração ao artigo 243-D) de uma torcedora ao atleta do time carioca, que teria sido registrada pela câmera da Flu TV na Arena do Grêmio, na vitória de 5 a 4 dos cariocas, válida pelo Campeonato Brasileiro, em 5 de maio deste ano. 

Para o relator do processo no Pleno, o auditor Mauro Marcelo de Lima e Silva, faltaram provas consistentes à acusação para que a punição fosse mantida. "A prova da Procuradoria é uma versão editada que se dissipou. Faltou à Procuradoria escutar e auscultar melhor o material e produzir um laudo pericial. Face ao escasso material, faltou um aprofundamento fonético. É evidente que a intolerância e o preconceito devem ser combatidos Encaminho meu voto no sentido que a condenação deve ser revista", justificou seu voto.

"Analisamos tudo cuidadosamente e apuramos tudo. O Grêmio teve novamente essa mácula. Trabalhamos muito na prevenção. A absolvição será um estímulo para seguirmos trabalhando", discursou o diretor jurídico do clube gaúcho, Nestor Hein.

Também fora de campo, o Grêmio obteve, nesta segunda-feira, a regularização do zagueiro David Braz. Com seu nome inscrito no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, o defensor, que estava no Santos, assim, tem condições de enfrentar o Bahia, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. 

Para o jogo, que acontece nesta quarta-feira, às 19h15, em Porto Alegre, a escalação da equipe comandada por Renato Gaúcho ainda não foi revelada pelo treinador, que comandou treino fechado à imprensa na tarde desta segunda no CT Luiz Carvalho. Já se sabe, porém, que no miolo de zaga o argentino Kannemann, recuperado de uma lesão na vértebra, é opção para atuar ao lado de Geromel. 

Na frente, a dúvida é se Everton, que ainda não se reapresentou após participação na Copa América pela seleção brasileira, será escalado contra os baianos. Caso não jogue, a opção mais provável para substituí-lo é Pepê, jovem da base do clube.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Armageddon Etapa Campo Grande contou com recorde de público
RACHAS

Armageddon Campo Grande teve recorde de público

Vasco entra no STJD com pedido de impugnação do jogo contra o Grêmio no Sul
BRASILEIRÃO

Vasco entra no STJD com pedido para impugnar partida

BASQUETE

Com três da NBA, Petrovic convoca seleção de basquete para o Mundial da China

Jornal inglês coloca Arsenal como favorito para tirar Everton do Grêmio
FUTEBOL 2019

Jornal inglês coloca Arsenal como favorito para tirar Everton do Grêmio

Mais Lidas