Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

terça, 19 de fevereiro de 2019 - 01h45min

FUTEBOL 2019

Galo bate a Caldense e fica na liderança momentânea no Mineiro

9 FEV 19 - 19h:00DA REDAÇÃO

O Atlético-MG precisou de apenas quatro minutos para confirmar a vitória por 1 a 0 sobre a Caldense, na tarde deste sábado, em duelo disputado no Ronaldão, em Poços de Caldas, sul de Minas Gerais, confronto válido pelo Campeonato Mineiro.

O resultado deixou o Galo na liderança momentânea do torneio estadual. A equipe chegou aos 13 pontos, dois a mais que o América e Cruzeiro, mas o Coelho só joga às 21h (de Brasília), em casa, no Independência, contra a URT, e a Raposa recebe o Tupinambás, neste domingo, às 17h, no Mineirão. A Caldense segue na parte inferior da tabela, na oitava posição, com quatro tentos.

Com quatro minutos de jogo, David Terans cruzou a bola e Leonardo Silva colocou a Galo na frente. Além disso, o jogo teve momentos bastante sonolentos e ruins e com poucas chances claras. Tecnicamente, deixou a desejar.

O Galo agora concentra suas atenções no Danúbio, partida válida pela volta da Copa Libertadores. Pelo Mineiro, o Galo recebe o Tupi, no próximo sábado, às 19h (de Brasília), no Independência. Já a Caldense mira a recuperação contra o Boa Esporte, no domingo, às 11h, novamente em casa.

Primeiro tempo

Com a partida contra o Danúbio bem próxima, já na próxima terça-feira, no Independência, válida pela volta da segunda fase da pré-Libertadores, o técnico Levir Culpi optou por mandar um time reserva a campo.

Embora fosse o grupo alternativo, o Galo conseguiu mostrar um bom trabalho nos primeiros minutos de jogo. Tinha alguma qualidade na saída de bola e buscava melhor o jogo. O volante Jair fazia uma boa apresentação e também David Terans.

O gol do Galo aconteceu aos 4 minutos. Em cobrança de escanteio feita com perfeição por David Terans, Leonardo Silva aproveitou a bola e colocou para o fundo das redes.

O Atlético seguiu melhor em campo. A Caldense não encontrava situações de facilidade para chegar ao ataque. Aos 26, após um vacilo da marcação atleticana, Carlinhos finalizou com bastante perigo.

O duelo foi importante para perceber ainda uma situação na lateral direita do Atlético. Patric, bastante criticado, teve sua situação agravada com a exibição da última terça-feira, contra o Danúbio, pela Libertadores. Levir colocou em campo o reserva imediato Guga, que já mostra qualidade para substituição – embora seja apenas o Campeonato Mineiro.

Segundo tempo

Na volta para o segundo tempo, com o forte calor em Poços de Caldas, o ritmo da partida caiu. O Atlético não tinha qualquer força para atacar, o meio campo não funcionava mais, e a entrada de Nathan intensificou a queda técnica entre os meio-campistas.

A Caldense arranjou uma ótima chegada, aos 7, com Felipe Baiano. O armador recebeu a bola na área, dominou, arrumou o corpo, pensou e gastou tanto tempo que na hora de finalizar o goleiro Cleyton chegou.

O jogo morreu e ficou muito ruim. A desagradável partida teve alguma agitação quando Jair tentou buscar o ataque, aos 14, e deixou a mão no rosto de Edu Pina e foi expulso.

Quatro minutos depois, em um lance ríspido, Carlinhos deixou o pé no tornozelo de Iago Maidana e também recebeu o vermelho.

FICHA TÉCNICA
CALDENSE 0 X 1 ATLÉTICO

Local: Estádio Ronaldão, Poços de Caldas (MG)
Data: 09 de fevereiro de 2019 (Sábado)
Horário: 16h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto
Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer e Marconi Helbert Vieira

Gol: Leonardo Silva, aos 4 do primeiro tempo (Atlético);
Cartões: Lucas Cândido, Vinícius (Atlético); Jean Henrique, Renan, Felipe Baiano (Caldense).
Cartões vermelhos: Carlinhos (Poços de Caldas); Jair (Atlético)

ATLÉTICO: Cleyton; Guga, Leonardo Silva, Maidana e Carlos César; Jair, Lucas Cândido, Terans (Daniel) e Vinícius; Alessandro Vinícius (Leandrinho) e Alerrandro (Nathan)
Técnico: Levir Culpi.

Caldense: Omar, Lazarini, Renato Silveira, Rodolfo Manoel, Edu Pina, Jean Henrique (Tiaguinho), Renan, Felipe Baiano, Carlinhos, Judson (Lorran), Reginaldo Júnior.
Técnico: Zezito

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

FUTEBOL 2019

STJD suspende resultado de Aparecidense x Ponte na Copa do Brasil até julgamento

Cuca diz que pretende antecipar início do trabalho no São Paulo
FUTEBOL 2019

Cuca diz que pretende antecipar início do trabalho no São Paulo

Santos adota cautela em negociações para ter Pato
FUTEBOL 2019

Santos adota cautela em negociações para ter Pato

Na Moldávia, lutador de MS é finalizado e perde invencibilidade
MMA

Na Moldávia, lutador de MS é finalizado e perde invencibilidade

Mais Lidas