Campo Grande - MS, terça, 14 de agosto de 2018

BRASILEIRÃO

Furar retranca e tirar espaço de Sheik:
as metas do Corinthians contra a Ponte

8 JUL 2017Por globoesporte.com14h:50

Líder do Brasileirão, o Corinthians espera neste sábado, a partir das 19h, um enredo parecido com o que viveu na rodada passada, quando venceu o Botafogo por 1 a 0. O Timão aposta que a Ponte Preta jogará bastante recuada para tentar roubar pontos em Itaquera.

Armada num 4-4-2 com três volantes, a Macaca deve se fechar em duas linhas e apostar nos contra-ataques com os velozes e ex-corintianos Emerson Sheik e Lucca. O que, na visão da comissão técnica corintiana, pode gerar dificuldades na recomposição defensiva.

Ciente de que o Corinthians joga melhor quando tem menor posse de bola e aposta em rápidos contra-ataques, o técnico Jair Ventura trancou a equipe na última semana e deu a responsabilidade de criação ao Timão, que chegou a ter 65% de posse no primeiro tempo. Fechado, o Bota dificultou o jogo corintiano, que melhorou com a entrada de Marquinhos Gabriel na etapa derradeira.

Na Ponte, Gilson Kleina também deve apostar nessa estratégia para tentar a primeira vitória fora de casa da equipe no Brasileirão. Por isso, a ideia do Timão é buscar um gol nos minutos iniciais, para que o panorama da partida se inverta.

Além disso, o sistema defensivo precisa estar atento aos contra-ataques. Sheik, aos 38 anos, ainda causa bastante preocupação.

– Emerson é um jogador que precisa de espaço, gosta de jogos grandes, e jogo contra o Corinthians é algo grande. Virá muito motivado para jogar contra nós, temos de tirar espaço dele – disse Carille.

Nesse contexto, a volta de Ángel Romero é importante. Suspenso contra o Botafogo, o paraguaio proporciona melhor proteção defensiva, já que ele tem cacoete de marcador e volta até a linha de fundo para ajudar o lateral, seja Léo Príncipe ou Guilherme Arana. Clayson tem maior poder ofensivo, mas ainda precisa evoluir na marcação.

Caso não consiga abrir o placar logo cedo, o técnico não deve hesitar em repetir substituições que deram certo na última partida. Sem ter quem marcar, Gabriel saiu no intervalo e viu o Timão ficar mais ofensivo, trocando passes, propondo o jogo e criando chances. Algo que não acontecia no início da montagem dessa equipe e que indica maturidade.

Para vencer o Botafogo, o Corinthians teve 19 finalizações (contra quatro do rival) e trocou 408 passes certos (diante de 265 do adversário). Para buscar o título, o time de Carille terá de ser cada vez mais criativo para furar defesas bem montadas. Ainda mais dentro de casa.

Veja as informações do Corinthians para o jogo contra a Ponte Preta:

Local: Arena Corinthians, em São Paulo
Data e horário: sábado, 19h (de Brasília)
Provável escalação: Cássio, Léo Príncipe, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô
Desfalques: Fagner (suspenso) Danilo, Mantuan e Vilson (em recuperação física)
Pendurados: Gabriel, Jô, Marquinhos Gabriel e Rodriguinho.
Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (MG - Fifa), Guilherme Dias Camilo (MG - Fifa) e Pablo Almeida da Costa (MG).
Transmissão: Premiere, Premiere HD e PFCI (com Bachin Jr e Luiz Ademar).
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 18h

Leia Também