Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

Maracanã

Flamengo vence e reedita com Cruzeiro final da Copa do Brasil de 2003

24 AGO 2017Por Folhapress08h:15

Com um gol de Diego, o Flamengo venceu o Botafogo, por 1 a 0, na noite desta quarta (23), no Maracanã, e garantiu vaga na final da Copa do Brasil.

O gol foi marcado aos 25 minutos do segundo tempo após uma bela jogada do colombiano Berrío. Ele deu um drible de letra em Victor Luis e recuou para o meia abrir o placar.

Logo após o gol, o colombiano foi aplaudido pelo torcedores ao ser substituído por Vinicius Júnior.
Com o resultado, o Flamengo enfrentará o Cruzeiro. O time mineiro obteve a vaga o vencer, nos pênaltis, do Grêmio, em Belo Horizonte. As finais acontecerão dias 7 e 27 de setembro.

Os dois times já se enfrentaram na final da Copa do Brasil. Em 2003, o Cruzeiro conquistou o título após vencer, por 3 a 1, no Mineirão. Antes, os dois times empataram por 1 a 1, no Rio.

Nesta quinta (24), a CBF fará um sorteio para definir o mando de campo das duas partidas.
O Cruzeiro já venceu o torneio quatro vezes. Os cariocas ganharam o torneio em três ocasiões.

Pouco antes do início do clássico, torcedores do Flamengo chegaram a quebrar uma das roletas de acesso ao setor leste. A Polícia Militar teve que lançar bombas de efeito moral e spray de pimenta para conter os torcedores. Nos minutos iniciais, o portão foi fechado deixando centenas de torcedores do lado de fora do estádio.

Dentro de campo, o clássico começou equilibrado. O Botafogo teve a primeira oportunidade de gol. Logo aos 2 minutos, Guilherme aproveitou o cruzamento, mas colocou a bola pra fora.

Depois do susto, o Flamengo se acertou em campo. O time da Gávea tentava criar, mas era parado pela defesa adversária.

Guerrero era o mais perigoso. Aos 12 minutos, o peruano deu um belo chute, mas Gatito conseguiu colocar para fora

No segundo tempo, o Flamengo se lançou ao ataque. Diante de 47.573 pagantes, o time comandado por Reinaldo Rueda fez o gol da vitória aos 25 minutos.

Em vantagem, a equipe administrou o resultado e chegou na sua sétima final da copa do Brasil.

FLAMENGO
Thiago; Rodinei, Réver (Rafael Vaz), Juan e Pará; Cuellar, Willian Arão, Diego, Everton e Berrío (Vinícius Júnior); Guerrero. T.: Reinaldo Rueda

BOTAFOGO
Gatito Fernandez; Luis Ricardo, Marcelo, Igor Rabello e Vitor Luís; Rodrigo Lindoso (Gilson), Matheus Fernandes (Leandrinho), Bruno Silva e João Paulo; Guilherme (Vinícius Tanque) e Roger. T.: Jair Ventura

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Juiz: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Cartões amarelos: Guerrero (FLA); Roger, Bruno Silva, Leandrinho (BOT)
Gols: Diego, aos 25 minutos do segundo tempo (FLA)

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também