Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

BRASILEIRÃO 2019

Fla, Jesus e presidente do Palmeiras são denunciados pelo STJD por reclamações contra arbitragem

Técnico pode ser suspenso por 12 jogos

19 OUT 19 - 17h:30DAS AGÊNCIAS

A fase do Flamengo é excelente dentro de campo, mas a equipe pode ter problemas nos próximos dias. Isso porque o clube e Jorge Jesus foram denunciados pelo STJD e podem ser punidos pelo órgão de justiça. O julgamento acontecerá na próxima terça-feira, às 15h30, na sede do tribunal, no Rio de Janeiro.

O Flamengo foi denunciado por atrasar dois minutos para retornar ao segundo tempo na partida contra o Athletico Parananense, no último domingo. O clube pode ser multado por um valor entre R$ 100 e 100 mil. A sansão seria aplicada pela infração artigo 191, inciso III, por descumprir o inciso XV do artigo 7 do regulamento geral de competições da CBF de 2019.

O caso de Jorge Jesus é mais complicado. O treinador foi denunciado por ofender a arbitragem e ter uma atitude antidesportiva na entrevista após o jogo contra o Furacão. Portanto, o português foi enquadrado em dois artigos do código brasileiro de justiça desportiva (CBJD): 243-F e 258. Pelo primeiro, o técnico pode ser suspenso por quatro a seis partidas e multa entre R$ 100 e R$ 100 mil. Pelo segundo, Jesus pode encarar uma suspensão de um a seis jogos. Dessa forma, o treinador pode pegar um gancho de até 12 jogos.

Relembre as falas de Jorge Jesus na entrevista coletiva: 

“Sabíamos que o jogo ia ser difícil pela qualidade do Athletico, pelas condições do sintético, jogo completamente diferente. Já viemos preparados. Não vinha preparado para jogar contra duas equipes, contra o árbitro, mas contra o Atlhetico”, afirmou Jesus.

“Quem toma essas decisões tem que ser penalizado. Não pode tomar uma decisão e nem estar no campo para fazer outras asneiras. Não tem capacidade. Nem sei quem foi, mas não pode andar no VAR. Vai para casa, férias. E para não prejudicar o árbitro, que teve decisão certa, mas foi influenciado pelo VAR. Não pode passar impune. Quando um VAR não tem capacidade com todas as ferramentas que tem, não pode. Não tem capacidade, é como todas as profissões, é para os melhores”, completou.

PALMEIRAS

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) denunciou nesta sexta-feira (18) o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, por declarações contra a arbitragem. Após o empate com o Internacional, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, o dirigente reclamou do VAR e indicou favorecimento ao Flamengo, líder da competição nacional.

“Em muitos lances, o VAR não tem atuado em jogos do Flamengo, isso é fato. Ontem foi um exemplo. Tem o jogo do Internacional também, no Maracanã. A gente vem a público pedir uma arbitragem que apite igual para todos”, declarou o presidente alviverde na ocasião.

Galiotte foi enquadrado no artigo 258, inciso II, do do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que coloca como infração o ato de “assumir qualquer conduta contrária à disciplina” e “desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões”. Por ser dirigente, a pena pode ser de 15 a 180 dias.

O presidente do Verdão já possui um histórico de declarações contra árbitros. No ano passado, ele foi suspenso por 45 dias pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-SP) por conta de suas queixas após a final do Campeonato Paulista, perdida nos pênaltis para o rival Corinthians.

Depois da derrota no torneio estadual, Galiotte, irritado com a polêmica arbitragem de Marcelo Aparecido, afirmou que a competição estava “manchada” e se referiu ao campeonato como “Paulistinha”.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Pelé comemora 50 anos de seu histórico milésimo gol na carreira
REI DO FUTEBOL

Pelé comemora 50 anos de seu histórico milésimo gol na carreira

Brasil vence Coreia do Sul e finda jejum no último amistoso do ano
SELEÇÃO BRASILEIRA

Brasil vence Coreia do Sul e finda jejum no último amistoso do ano

Vasco paga preço por "encolher" com vantagem mínima
CAMPEONATO BRASILEIRO

Vasco paga preço por "encolher" com vantagem mínima

Sem marcar há um turno, Alexandre Pato amarga reserva no São Paulo
ATACANTE

Sem marcar há um turno, Alexandre Pato amarga reserva no São Paulo

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião