Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

CLÁSSICO

Fla fura retranca do Vasco e vence em São Januário após 44 anos

9 JUL 2017Por FOLHAPRESS08h:43

Após 44 anos de jejum, o Flamengo, enfim, bateu o Vasco em São Januário. Com um gol de Everton, de cabeça, o Fla venceu, neste sábado (8), por 1 a 0 e assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro. O Vasco, por sua vez, se manteve na 6ª colocação. As posições ainda poderão ser alteradas até o final desta rodada.

O jogo se dividiu entre um péssimo primeiro tempo e uma etapa final mais animada. Graças ao potencial individual de seus jogadores, o Flamengo levou a melhor e saiu festejando o triunfo.

Agora o Flamengo encara o Grêmio, quarta-feira, na Ilha do Urubu. Já o Vasco visita o Vitória, também na quarta, no Barradão.

Após o apito final, uma briga generalizada tomou conta de São Januário. Revoltados com a derrota, os vascaínos lançaram bombas para dentro do gramado e entraram em confronto com os policiais. O estádio virou um campo de batalha e os arredores do estádio viraram uma praça de guerra.

JOGO

O clássico que reúne as duas maiores torcidas do Rio de Janeiro não foi digno da sua grandeza nos primeiros 45 minutos de bola rolando.

Na primeira metade, o que se viu em São Januário foi um festival de faltas, passes errados e muita falta de imaginação de parte a parte. Como tem um time mais técnico, o Flamengo ficou mais tempo no campo de ataque, mas não chegou a ameaçar verdadeiramente o rival.

O resultado disso foi um primeiro tempo de pouquíssimos momentos de lucidez e futebol bem jogado. Em lugar disso, muita marcação, bolas perdidas e disputa no meio de campo. Exceção feita a uma conclusão de Diego e uma de Guerrero, nada de melhor aconteceu em campo.

No segundo tempo os dois times proporcionaram um espetáculo bem melhor na etapa final, com mais alternativas e inspiração de parte a parte.

Com as equipes mais abertas, os times alternaram boas oportunidades e transformaram uma partida gelada em uma disputa quente. Com mais qualidade técnica, o Flamengo levou mais perigo e conseguiu abrir a contagem, com Everton, que aproveitou belo cruzamento de Everton Ribeiro.

Antes disso, o Vasco já tinha marcado com Luis Fabiano, mas o camisa 9 estava impedido. A partir do gol rubro-negro, o jogo ficou aberto e os times tentaram o gol. O Fla quase ampliou com Everton Ribeiro, que foi travado na conclusão.

O resultado final fez justiça ao time que teve mais iniciativa e que buscou a vitória com mais afinco desde o início do jogo.

VASCO
Martín Silva; Gilberto, Rafael Marques, Paulão e Henrique; Wellington, Bruno Paulista (Andrey), Nenê, Mateus Vital (Wagner) e Yago Pikachu (Manga Escobar); Luis Fabiano
T.: Milton Mendes

FLAMENGO
Thiago; Rodinei, Rafael Vaz, Rhodolfo (Léo Duarte) (Romulo) e Trauco; Márcio Araújo, Cuéllar e Diego; Everton Ribeiro, Everton e Guerrero (Leandro Damião)
T.: Zé Ricardo

Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Júnior (RS)
Público/Renda: 18.328 pagantes/R$ 747.640,00
Cartões amarelos: Guerrero (FLA); Paulão, Luis Fabiano, Nenê, Andrey (VAS)
Cartões vermelhos: nenhum
Gols: Everton, aos 17 minutos do segundo tempo

Leia Também