Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

Prêmio

Fifa indica Tite entre 12 concorrentes ao prêmio de melhor técnico do mundo

17 AGO 2017Por FolhaPress10h:42

O técnico da seleção brasileira, Tite, foi indicado entre os 12 técnicos que disputarão o prêmio de Melhor da Fifa de 2017. O treinador aparece na lista divulgada pela entidade nesta quinta-feira (17) ao lado de nomes como Pep Guardiola, Jose Mourinho, Joachim Low e Zinedine Zidane.

A lista dos treinadores foi definida após indicação de um painel composto por 11 personalidades do futebol, entre eles o brasileiro Cafu e o argentino Maradona. Foi também apresentada a lista com as concorrentes ao prêmio no futebol feminino.

Os vencedores dos prêmios serão definidos em um processo com votação de quatro grupos diferentes: treinadores da seleção nacional, capitães, mídia especializada e fãs. A votação na internet começará no dia 21 de agosto.

A lista com os três finalistas de cada categoria será anunciada nos meados de setembro. Os vencedores serão conhecidos na tradicional cerimônia em janeiro de 2018.

SELEÇÃO

Tite ganha a indicação depois de ter assumido a seleção brasileira na metade de 2016. Ganhou em sequência nove partidas consecutivas -oito delas pelas Eliminatórias- até perder a invencibilidade em amistoso contra a Argentina em junho. Na sequência, a seleção ganhou da Austrália para aumentar o retrospecto para 10 vitórias e uma derrota desde que o treinador assumiu o cargo. O Brasil foi a primeira seleção a garantir vaga na Copa do Mundo via Eliminatórias.

Para o prêmio de melhor pela Fifa, Tite terá como principal concorrente Zinedine Zidane, técnico que foi campeão da Liga dos Campeões e do Campeonato Espanhol pelo Real Madrid. No ano passado, o treinador merengue, apesar de favorito, acabou surpreendido por Claudio Ranieri, que conquistou o título inglês pelo Leicester City na temporada 2015/2016. Sem clube desde o começo do ano, Ranieri ficou de fora da lista apresentada nesta quinta-feira (17).

Apesar de não ter conquistado nenhum título pelo Manchester City, Pep Guardiola também foi indicado, assim como Jose Mourinho, campeão da Liga Europa com o Manchester United. Luis Enrique, que deixou recentemente o Barcelona, também foi lembrado.

Além de Tite, apenas mais um treinador de seleção nacional foi lembrado: Joachim Low, da Alemanha. Já os argentinos Diego Simeone (Atlético de Madri) e Mauricio Pochettino (Tottenham) reforçam a presença de sul-americanos nas indicações.

 

Leia Também