Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

JUDÔ

Em renovação, a seleção <br>Sub-21 de MS fica sem ouro

Em renovação, a seleção <br>Sub-21 de MS fica sem ouro
30/05/2017 08:06 - DA REDAÇÃO


 

Pela primeira vez desde 2013, a seleção sul-mato-grossense Sub-21 de judô voltou do Campeonato Brasileiro da categoria sem medalha de ouro na bagagem.

Em processo de renovação, a equipe subiu ao pódio cinco vezes, com quatro bronzes e uma prata. O torneio foi realizado em Lauro de Freitas (BA), no último fim de semana.

O destaque da seleção do Estado foi Gabriela Paliano. A meio-pesado (-78 kg) ficou com a medalha de prata ao perder a decisão para a carioca Gabrielle Ferreira. Já Ana Paula Carra repetiu o desempenho de 2015 e 2016 e ficou com o bronze no peso médio (-70 kg).

No peso leve (-57 kg), Vitória Andrade garantiu o bronze em seu primeiro ano na Sub-21. Alexia Vitória Nascimento também conquistou uma medalha de bronze, na classe ligeiro (-48 kg).

Por sua vez, Hernandes Santos foi o único sul-mato-grossense no pódio masculino. O judoca da categoria super ligeiro (-55 kg) faturou um bronze. Até o ano passado, a Sub-21 contava com os melhores nomes do judô estadual.

*Leia reportagem, de Jones Mario, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Felpuda


Partido está aos poucos montando a que vem sendo chamada de “chapa do quartel”, pois os pré-candidatos são oriundos da caserna. Há quem diga que os dirigentes da legenda ainda estão querendo pegar carona no “fenômeno Bolsonaro”, esquecendo-se que o presidente, embora vindo da área militar, está na política há 30 anos e o seu programa de governo agradou 57,7 milhões de eleitores. Dizem que tchurminha será obrigada a adicionar mais ingredientes no currículo, senão...