OPEN VÔLEI DE PRAIA

Dupla formada por Talita e Larissa<br> conquista etapa de MS

Dupla formada por Talita e Larissa<br> conquista etapa de MS
17/09/2017 08:28 - RODOLFO CÉSAR


 

A dupla com a sul-mato-grossense Talita e a capixaba Larissa conquistou o bicampeonato na final feminina do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia Open, na etapa que acontece em Campo Grande. Elas ganharam de Maria Elisa e Carol Solberg, do Rio de Janeiro, por 2 sets a 0.

O jogo aconteceu no em arena montada no Parque das Nações Indígenas, na Capital. O terceiro lugar da etapa ficou com Elize Maia (ES) e Tatiana (CE), que venceram Ágatha (PR) e Dua (SE) também por 2 sets a 0.

A família de Talita ficou na torcida e expectativa pelo título nas arquibancadas. O apoio valeu muito e empurrou a dupla para a vitória.

“Essa galera de Campo Grande fez bonito aqui na arquibancada. Minha família fez um coro, tem umas 30 pessoas ali. Jogar dentro de casa tem isso, você tem um terceiro jogador sempre”, afirmou Talita.

“A torcida sem dúvida nenhuma faz a diferença e dá aquele empurrão especial. Essa medalha aqui é para todo o povo de Campo Grande”, afirmou a parceira Larissa. 

A conquista da etapa foi de forma invicta para a dupla, que desembarcou em Campo Grande como favorita.

A próxima etapa do circuito nacional será em Natal (RN), de 18 a 22 de outubro. Ao todo, a temporada 2017/2018 é composta por sete etapas.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".