OLIMPÍADAS

Dentista brasileiro garante vaga no tiro depois de 12 anos longe dos Jogos

Dentista brasileiro garante vaga no tiro depois de 12 anos longe dos Jogos
13/09/2015 02:00 - FOLHAPRESS


 O atirador Rodrigo Bastos, 49, garantiu neste sábado (12) a vaga para a Olimpíada do Rio-2016 na modalidade Fossa Olímpica (tiro com espingarda).

A confirmação da vaga veio depois da participação de Bastos no Mundial de Tiro, em Lonato, na Itália. Segundo as regras da Confederação Brasileira de Tiro Esportivo, o atleta que somasse mais pontos em quatro competições internacionais da modalidade neste ano ficaria com a vaga na Rio-2016.

Na Itália, Bastos somou 109 pontos (de 125 possíveis) e foi eliminado na etapa preliminar da competição. Porém, com a soma das pontuações nos outros eventos do ano (463 pontos), acabou com a vaga na Olimpíada.

Essa será a terceira olimpíada da carreira de Bastos, que esteve em Seul-88 e Atenas-2004. Ele foi medalhista de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis (EUA), em 1987, e prata em Santo Domingo (República Dominicana), em 2003. Ele também foi campeão da Copa de Mundo de Tiro Esportivo no México, em 1988.

Um fato curioso sobre o atirador é que ele divide seu tempo de treinamento com outra profissão. Bastos é dentista e atende em consultório na cidade de Guarapuava, no Paraná.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".