Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

BRASILEIRO SÉRIE A

Cruzeiro vence Palmeiras
por 2 a 1 no Mineirão

Alisson abriu o placar para o time celeste no início do jogo e Arrascaeta garantiu a vitória

9 AGO 15 - 17h:44PORTAL TERRA

No reencontro do técnico do Palmeiras, Marcelo Oliveira, com seu ex-time, o Cruzeiro se deu melhor, e a camisa amarela com que jogou o Verdão parece não ter dado sorte. Na tarde deste domingo, a equipe paulista foi derrotada pela Raposa por 2 a 1, no Mineirão, em partida válida pela 17ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Alisson abriu o placar para o time celeste no início do jogo, Cristaldo empatou e Arrascaeta garantiu a vitória mineira no final.

O Palmeiras usou a cor amarela para comemorar os 50 anos em que representou a Seleção Brasileira na inauguração do Mineirão, em 7 de setembro de 1965, quando venceu o Uruguai por 3 a 0 em amistoso, mas não conseguiu repetir o triunfo. Com o resultado negativo, o Verdão continua com 17 pontos na tabela, enquanto o Cruzeiro está com 21 somados e se afastou da zona de rebaixamento.

Pela 18ª rodada, o Palmeiras tem compromisso marcado com o lanterna Coritiba no Couto Pereira, às 19h30 (de Brasília) da próxima quarta-feira. Já o Cruzeiro visita o Joinville na Arena, às 21 horas (de Brasília) da quinta-feira.

Em primeiro tempo polêmico, Cruzeiro marca no início e perde pênalti nos acréscimos

A Raposa precisou de apenas quatro minutos de bola rolando para abrir o placar. Vinícius Araújo roubou bola, invadiu a área pelo lado direito, passou por Egídio, Leandro Almeida e, na hora do chute, Fernando Prass fechou a primeira trave. O camisa 39 viu Alisson na cara do gol e rolou para o companheiro finalizar. O arqueiro alviverde ainda tentou defender, mas a bola já havia passado da linha da meta.

A equipe celeste pressionava e, aos 15 minutos, a partida teve seu primeiro lance polêmico. Marinho entrou na área, dividiu com Egídio e acabou no chão. Porém, o árbitro Wilton Pereira Sampaio não viu irregularidade e mandou o jogo seguir.

eencontro do técnico do Palmeiras, Marcelo Oliveira, com seu ex-time, o Cruzeiro se deu melhor, e a camisa amarela com que jogou o Verdão parece não ter dado sorte. Na tarde deste domingo, a equipe paulista foi derrotada pela Raposa por 2 a 1, no Mineirão, em partida válida pela 17ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Alisson abriu o placar para o time celeste no início do jogo, Cristaldo empatou e Arrascaeta garantiu a vitória mineira no final.

O Palmeiras usou a cor amarela para comemorar os 50 anos em que representou a Seleção Brasileira na inauguração do Mineirão, em 7 de setembro de 1965, quando venceu o Uruguai por 3 a 0 em amistoso, mas não conseguiu repetir o triunfo. Com o resultado negativo, o Verdão continua com 17 pontos na tabela, enquanto o Cruzeiro está com 21 somados e se afastou da zona de rebaixamento.

Pela 18ª rodada, o Palmeiras tem compromisso marcado com o lanterna Coritiba no Couto Pereira, às 19h30 (de Brasília) da próxima quarta-feira. Já o Cruzeiro visita o Joinville na Arena, às 21 horas (de Brasília) da quinta-feira.

Em primeiro tempo polêmico, Cruzeiro marca no início e perde pênalti nos acréscimos

A Raposa precisou de apenas quatro minutos de bola rolando para abrir o placar. Vinícius Araújo roubou bola, invadiu a área pelo lado direito, passou por Egídio, Leandro Almeida e, na hora do chute, Fernando Prass fechou a primeira trave. O camisa 39 viu Alisson na cara do gol e rolou para o companheiro finalizar. O arqueiro alviverde ainda tentou defender, mas a bola já havia passado da linha da meta.

A equipe celeste pressionava e, aos 15 minutos, a partida teve seu primeiro lance polêmico. Marinho entrou na área, dividiu com Egídio e acabou no chão. Porém, o árbitro Wilton Pereira Sampaio não viu irregularidade e mandou o jogo seguir.

Cristaldo empata com 19 segundos em campo, mas Arrascaeta decreta vitória no fim

O início do segundo tempo foi de emoções. Logo aos três minutos, os mineiros levaram perigo. Alisson invadiu a área e chutou já desequilibrado. Fernando Prass conseguiu espalmar, e o rebote ficou com Vinícius Araújo, que estava impedido. Na sequência, foi a vez dos paulistas ameaçarem. Em cruzamento, Leandro Almeida subiu mais alto que a defesa e cabeceou bem para ótima defesa de Fábio.

O time celeste teve três boas chances perto dos 15 minutos, mas não soube aproveitá-las. Na primeira, Alisson cobrou levantando bola, e Léo apareceu para cabecear para fora. Depois, Marquinhos finalizou da entrada da área em cima do goleiro alviverde. Na última oportunidade, Henrique recebeu cruzamento e testou para defesa de Fernando Prass.

O Palmeiras respondeu com 23 jogados na etapa complementar. Rafael Marques foi à linha de fundo e cruzou para Dudu, mas o atacante bateu em cima do goleiro alviverde, que defendeu no susto.

O Verdão conseguiu chegar ao empate aos 29 minutos, com Cristaldo, que entrara havia 19 segundos no lugar de Robinho. Em cabeceio de Rafael Marques, a zaga afastou mal, e a bola sobrou para o argentino, que apareceu para testar. Fábio ainda tocou na bola, mas ele foi parar no fundo do gol.

A Raposa não perdoou e, aos 36, alcançou a virada. Em boa jogada de Alisson pela esquerda, o meia cruzou, a bola passou pela defesa, e Arrascaeta apareceu para completar e balançar as redes no Mineirão.

Os visitantes pressionaram nos minutos finais em busca do gol de empate, mas sem sucesso. Aos 39, Cristaldo ficou com sobra, dominou no peito e chutou por cima da meta celeste. Na sequência, o argentino ajeitou para Alecsandro, que cabeceou para boa defesa de Fábio.

FICHA TÉCNICA 
CRUZEIRO 2 X 1 PALMEIRAS

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG) 
Data: 9 de agosto de 2015, domingo 
Horário: 16 horas (de Brasília) 
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO) 
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Bruno Raphael Pires (GO)

Cartões amarelos: Willians (Cruzeiro), Vinícius Araújo (Cruzeiro), Victor Ramos (Palmeiras), Manoel (Cruzeiro), Lucas (Palmeiras), Fabrício (Cruzeiro), Egídio (Palmeiras)

Gols:

CRUZEIRO: Alisson, aos 4min do 1º tempo e Arrascaeta, aos 36min do 2º tempo

PALMEIRAS: Cristaldo, aos 29min do 2º tempo

CRUZEIRO: Fábio; Léo, Manoel, Paulo André e Mena (Eurico); Willians, Fabrício, Henrique, Alisson e Marinho (Marquinhos); Vinícius Araújo (De Arrascaeta) 
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Victor Ramos, Leandro Almeida e Egídio; Amaral (Alecsandro), Arouca e Robinho (Cristaldo); Rafael Marques, Dudu e Leandro Pereira (Cleiton Xavier) 
Técnico: Marcelo Oliveira

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Brasileiro de motocross quer atrair <br>10 mil pessoas em Três Lagoas
EM JUNHO

Brasileiro de motocross quer atrair 10 mil pessoas em Três Lagoas

Estadual de taekwondo vai reunir centena de atletas em Campo Grande
ARTES MARCIAIS

Estadual de taekwondo vai reunir centena de atletas

Niki Lauda falece <br>aos 70 anos
AUTOMOBILISMO

Niki Lauda falece
aos 70 anos

Novo reforço e mais dois são inscritos pelo Corinthians na Sul-Americana
ALTERAÇÕES

Três são inscritos pelo Corinthians na Sul-Americana

Mais Lidas