Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 16 de novembro de 2018

1 a 0

Cruzeiro vence o Santos na Vila Belmiro e chega à vice-liderança

28 MAI 2017Por Terra17h:38

Filme que se repete. Santos cria, mas não aproveita as chances. Adversário recuado, que cresce no segundo tempo e vence. Foi assim que o Cruzeiro, com méritos, venceu o Peixe neste domingo, por 1 a 0, na Vila Belmiro.

Acostumados a cobrar o técnico Dorival Júnior, os santistas que ficam atrás do banco de reservas tiveram que se dirigir ao auxiliar Lucas Silvestre, - já que o treinador estava suspenso - que pouco pôde fazer, já que o problema do Peixe não foi criação, mesmo sem Lucas Lima, machucado. 

Com Bruno Henrique, os donos da casa até conseguiram chegar à área, mas pararam em Fábio. O problema era que o Santos priorizava o lado direito, mais lento com Bueno e Ferraz se comparado a Bruno Henrique e a Copete, no segundo tempo, que entrou na vaga do lesionado Zeca. 

Nos primeiros minutos, o ainda invicto Cruzeiro era a retranca com três volantes. Depois, evoluiu para um time mais agressivo, com controle de bola, mas que não chegou a incomodar Vanderlei diretamente até abrir o placar. 

Sem sucesso pelos lados, o Santos resolveu explorar o meio, mas não com Vladimir Hernández, o substituto do camisa 10, e sim com Ricardo Oliveira. Irritado por não receber como gostaria, o capitão saiu da área para buscar o jogo. Até conseguiu, mas Fábio impediu que ele pudesse resolver tudo sozinho. Quando, com mais espaço, fora da área, Ricardo Oliveira achou espaço para chutar, exagerou na força e mandou a bola para a arquibancada. 

No fim, o toque de bola do Alvinegro deixou de ser o suficiente até para dominar o jogo e a velocidade do Cruzeiro diante de um Santos exposto era o que predominava. Em contra-ataque, Ariel viu Ábila na área. O atacante superou o carrinho de Lucas Veríssimo para tocar em Thiago Neves, que só tocou para o gol sem Vanderlei. 

O Peixe, que vinha de quatro vitórias seguidas na Vila Belmiro, já tem sua primeira derrota em casa no Brasileirão e apenas três pontos na tabela. A última derrota em casa havia sido para o Palmeiras, no dia 19 de março. 

Com a vitória, o Cruzeiro chega a sete pontos e chega à segunda colocação pelo menos temporariamente.

FICHA TÉCNICA 
SANTOS 0 X 1 CRUZEIRO 


Loca: Vila Belmiro, Santos (SP) 
Data-hora: 28/5/17 - 16h 
Árbitro: Eduardo Thomaz de Aquino Valadão (GO) 
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva e Cristhian Passos Sorence (GO) 
Público/renda: 7.025 / R$ 198.775,00 
Cartões amarelos: Copete (SAN); Henrique, Léo (CRU) 
Cartões vermelhos: 
Gols: Thiago Neves (38'/2ºT - 0x1) 

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca (Copete, aos 2'/2ºT); Renato (Kayke, aos 39'/2ºT), Thiago Maia e Vladimir Hernández (Jean Mota, aos 28'/2T); Vitor Bueno, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira. Técnico: Lucas Silvestre (Dorival Júnior suspenso) 

CRUZEIRO: Fábio; Lucas Romero, Dedé (Caicedo, intervalo), Léo e Diogo Barbosa; Henrique, Hudson (Ábila, aos 28'/2ºT), Ariel, Arrascaeta (Thiago Neves, aos 13'/2ºT) e Alisson; Rafael Marques. Técnico: Mano Menezes
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também