Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 14 de novembro de 2018

PALMEIRAS

Cruzeiro empata no fim e elimina Palmeiras da Copa do Brasil

27 JUL 2017Por FolhaPress08h:48

O Cruzeiro assustou a torcida, mas arrancou o placar necessário para garantir a classificação à semifinal da Copa do Brasil. A equipe de Belo Horizonte achou o 1 a 1 contra o Palmeiras, nesta quarta-feira (26), no Mineirão, e conseguiu eliminar os paulistas após o empate por 3 a 3 na ida, em São Paulo.

O gol salvador do Cruzeiro foi marcado pelo lateral-esquerdo Diogo Barbosa, aos 40min do 2º tempo. Antes, Keno havia anotado para o Palmeiras.

O clube mineiro se encontrava em situação desesperadora no Mineirão. O Palmeiras, com uma pitada de sorte de Keno, que arriscou de primeira e viu a bola enganar Fábio com um desvio no meio do caminho -aos 26min da etapa final-, segurava o resultado e levava o Mineirão a uma noite de decepção.

No entanto, apareceu Diogo Barbosa. O lateral esquerdo, um dos destaques da partida, apareceu como um verdadeiro centroavante, invadiu o espaço deixado entre Yerry Mina e Edu Dracena e desviou de cabeça aos 40min do segundo tempo para superar Jailson e assegurar a classificação cruzeirense de fase.

O adversário do Cruzeiro será conhecido nesta quinta-feira, no duelo entre Grêmio e Atlético-PR, que jogam em Curitiba a partir das 21h45. No primeiro jogo, disputado no Rio Grande do Sul, o time gaúcho venceu por 4 a 0 e encaminhou a vaga.

O Cruzeiro atuou com maturidade contra o atual campeão brasileiro. A equipe mineira resistiu à tentação de pressionar o rival em casa e abrir espaço à velocidade de palmeirenses como Róger Guedes e Dudu.

Com a bola nos pés, a equipe celeste trabalhava com triangulações pelas pontas, geralmente com o apoio de Ariel Cabral. Na defesa, cedeu pouco espaço, mas, mesmo assim, ele foi aproveitado por Keno em uma das poucas oportunidades do Palmeiras.

O primeiro tempo travado não interessava ao Palmeiras, necessitado por um resultado positivo para avançar na Copa do Brasil. Opção tradicional pelo lado esquerdo do ataque, Dudu atuou durante a segunda etapa centralizado, como um elo de ligação para municiar o ataque.

Keno, mais incisivo, também entrou na etapa final, e tratou de mudar o jogo com uma pitada de sorte. O camisa 27, aos 26min, arriscou de fora da área e viu a bola desviar no meio do caminho para enganar Fábio.

Precisando do empate para garantir a classificação e não criar uma crise no clube, o Cruzeiro foi para cima e conseguiu o gol da classificação já no fim graças à infiltração inesperada de Diogo Barbosa, e o cabeceio do lateral no canto direito.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também