Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MUNDIAIS

Criança de 10 anos vira nadadora mais jovem a competir

O objetivo da nadadora do Bahrein é ganhar experiência para Tóquio 2020
07/08/2015 17:47 - GAZETA ESPORTIVA


 

Incrível, no mínimo. Alzain Tareq, do Bahrein, se tornou aos dez anos de idade a mais jovem atleta da história a disputar Mundiais de natação. Na madrugada desta sexta-feira, em Kazan, ela competiu nas eliminatórias dos 50m borboleta e, como já era esperado, cravou o pior tempo entre todas as baterias, com 41s13. Ela foi a última das 64 participantes, 15s70 atrás da mais rápida, a sueca Sarah Sjostrom (25s43).

O recorde de precocidade tem uma justificativa: o objetivo da jovem Tareq é acumular experiência para estar pronta nos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio, no Japão.

Pelo menos, em Kazan, ela conseguiu uma foto com a tricampeã mundial nos 100m borboleta, Sjostrom: “Estou muito feliz, queria saber como nadam as melhores”, disse a criança, beneficiada pelo regulamento do Mundial de Kazan, que não prevê um limite de idade entre as competidoras.

Pai da jovem Alzain, o ex-nadador Tareq Salem comemorou o recorde da filha de dez anos: “Ela fez história e estamos orgulhosos por isso”.

Alzain Tareq voltará a cair na água neste sábado para disputar a fase classificatória dos 50m livre.

Felpuda


Dois pedidos de desculpas, de autorias diferentes, foram assuntos muito comentados nas redes sociais com críticas ácidas às suas declarações, até porque os envolvidos não só os usaram despropositadamente, como tiveram de voltar a eles para se redimirem. Um deles, inclusive, quase criou uma crise política da-que-las, o que obrigou seu pai, figurinha carimbada, a pular miúdo para colocar panos quentes sobre a questão. Essa gente!...