SUL-AMERICANA

Corinthians tem baixa <br>na zaga diante do Lara

Alvinegro recebe venezuelanos em jogo de ida, no Itaquerão
23/05/2019 05:00 - ESTADÃO CONTEÚDO


 

O Corinthians recebe o Deportivo Lara-VEN no Itaquerão, hoje, às 18h15min (MS), em confronto de ida válido pela segunda fase da Copa Sul-Americana. O Alvinegro tem um desfalque certo na zaga para o duelo decisivo.

Titular, o zagueiro Manoel sofreu um pisão no pé esquerdo durante o treinamento de terça-feira e será preservado pela comissão técnica. O atleta não foi relacionado para a partida.

O técnico Fábio Carille não confirmou quem será o substituto. Marllon e Pedro Henrique disputam a posição. A novidade na lista é a presença do atacante Clayson, que volta depois de ter sido poupado do duelo com o Athletico-PR, domingo, pelo Campeonato Brasileiro. O jogador, por sinal, é o único que tem presença garantida no setor ofensivo. 

O restante das posições não foram confirmadas pelo técnico Fábio Carille. O meia Jadson, que deu assistência para o gol de Vagner Love na última partida, briga por uma posição com Sornoza. O meia guarda boas lembranças do Deportivo Lara.

No encontro com o time venezuelano do ano passado, Jadson marcou três gols na goleada por 7 a 2, fora de casa, pela primeira fase da Libertadores.

“Lembro bem daquela partida. Não tem nem como esquecer, né? Afinal, marcar três gols num mesmo jogo é sempre especial, mas as circunstâncias agora são outras. Jogar um mata-mata é sempre complicado. Precisamos entrar focados em campo amanhã e procurar fazer um grande jogo em casa para levar uma boa vantagem para o duelo na Venezuela”, afirmou.

Outra dúvida é a presença de Gustavo entre os titulares. O centroavante voltou a ser relacionado contra o Athletico-PR, mas começou no banco de reservas. O técnico Fábio Carille disse que pretende dar uma sequência ao jogador. A vaga no lado direito do ataque também tem disputa, entre Mateus Vital e Pedrinho.

Carille optou por fechar a última atividade para a imprensa. Assim, a escalação provável tem Cássio; Fagner, Marllon, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Júnior Urso; Mateus Vital, Jadson e Clayson; Vagner Love.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".