Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

EM CASA

Corinthians vence Cruzeiro e aumenta vantagem na liderança

Com dois gols de Vagner Love, time paulista venceu a raposa por 3 a 0
23/08/2015 17:18 - Terra


 

O Corinthians se recuperou do revés sofrido no meio da semana diante do Santos com uma grande vitória sobre o Cruzeiro pelo Campeonato Brasileiro neste domingo. Atuando em Itaquera, o time do Parque São Jorge triunfou por 3 a 0 sobre o elenco de Belo Horizonte. O dia foi do atacante Vagner Love, que marcou dois gols no confronto. O meia Jadson complementou o placar corintiano.

Com o resultado positivo, o Corinthians alcançou os 43 pontos, liderando com seis pontos de vantagem para o Grêmio, segundo colocado. Já o Cruzeiro é o 15º colocado, com 22 unidades conquistadas no Brasileirão.

Agora, o Corinthians foca na partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O Timão encara o Santos em Itaquera, na próxima quarta-feira, às 22 horas (de Brasília). Como perdeu por 2 a 0 na ida, o elenco comandado por Tite deverá ganhar por uma diferença de três gols para se classificar direto. Se repetir o marcador da Vila Belmiro, o duelo irá para os pênaltis. Em caso de tento santista, a representação da capital paulista será obrigada a vencer por uma diferença de três anotações.

O Cruzeiro também se volta para a Copa do Brasil. O time de Belo Horizonte recebe o Palmeiras pelo confronto da volta das oitavas de final, no Mineirão, na quarta-feira, às 22 horas (de Brasília). No duelo de ida, o clube de Minas Gerais foi superado por 2 a 1 no Palestra Itália.

Felpuda


Nos bastidores poderosos, comentários são de que dois pretensos pré-candidatos estão deixando em polvorosa quem tinha quase certeza de que tudo estava em total “céu de brigadeiro”. Assim, enquanto ambos se movimentam aqui e acolá, o lado de lá está pensando no que fazer para evitar futuro confronto. Vale ressaltar que a dupla tem experiência que só no campo de guerra das eleições – e o desempenho não ficou a desejar.