Campo Grande - MS, terça, 14 de agosto de 2018

majestoso

Com ingressos esgotados, São Paulo pode ter recorde de público no clássico

20 SET 2017Por FOLHAPRESS20h:00

O São Paulo anunciou nesta quarta-feira (20) que a venda de ingressos para o clássico deste domingo (24) contra o Corinthians está esgotada, pela 25ª rodada do Brasileiro. Foram vendidos 50 mil bilhetes.

Restam agora 14 mil entradas reservadas para camarotes e proprietários de cadeiras cativas. O clube precisa comercializar pelo menos 6.053 dessas entradas especiais para estabelecer um novo recorde neste campeonato.

Os três maiores públicos do Brasileiro 2018 já foram alcançados no estádio são-paulino. O jogo contra o Cruzeiro em 13 de agosto, também às 11h, teve 56.052 pagantes (vitória de 3 a 2).

Contra o Coritiba, em 3 de agosto, foram 53.635 (derrota por 2 a 1). Contra o Grêmio, em 24 de julho, foram 51.511 (empate por 1 a 1). É o resultado de uma política de preços baixos, para superar a média até mesmo de sua época (autointitulada) "soberana" -do tricampeonato de 2006 a 2008.

Apesar de não fazer boa campanha, a equipe tem contado com o apoio da torcida. O clube tem a segunda melhor média de público como mandante na competição, com 32.411 pessoas, atrás apenas do Corinthians, com 38.697 torcedores.

Na reta final do Brasileiro, porém, o São Paulo não poderá jogar no Morumbi. Por conta de shows, o a equipe vai mandar no Pacaembu cinco dos próximos oitos jogos que faria em casa.

O clube até criou dois pacotes de venda de bilhetes aos sócios-torcedores para os últimos jogos por este Brasileiro: um para os confrontos no Morumbi, no e o outro para os duelos no Pacaembu.

Embalado pelo triunfo por 2 a 1 sobre o Vitória fora de casa, o São Paulo busca mais três pontos contra o Corinthians neste domingo. Caso os consiga, sairá da zona do rebaixamento, independentemente dos outros resultados, já que dois concorrentes, Chapecoense e Ponte Preta, fazem confronto direto.

O time já completou 12 jornadas na zona de descenso, sua pior marca na era dos pontos corridos.

Leia Também