Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

BRASILEIRÃO

Com gol de Sánchez, Santos vence Bahia em casa e segue confortável no G4

31 OUT 19 - 20h:28ESTADÃO CONTEÚDO

Mesmo sem brilhar, o Santos voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Após dois tropeços, contou com um gol do uruguaio Carlos Sánchez para derrotar o Bahia por 1 a 0, na Vila Belmiro, pela 29ª rodada, se mantendo confortável no G4, a zona de classificação à fase de grupos da Copa Libertadores de 2020.

O Santos é o terceiro colocado com 55 pontos com oito de vantagem para o quinto Grêmio. E também encerrou o jejum de dois jogos sem gols graças ao seu artilheiro em 2019, Sánchez, que marcou 16 vezes na temporada, sendo que um deles também havia sido contra o Bahia, no primeiro turno, no duelo vencido por 1 a 0 no estádio de Pituaçu.

A vitória ampliou a boa fase do time no seu estádio, agora com quatro vitórias consecutivas na Vila Belmiro. Já o Bahia ampliou o momento ruim ao acumular a terceira derrota consecutiva, ficando mais distante da vaga na Libertadores, se mantendo com 41 pontos, a quatro do G6.

O VAR, mais uma vez, foi protagonista na partida, sendo utilizado para anular dois gols na partida, um de cada time, de Eduardo Sasha, para o Santos, e de Juninho, para o Bahia.

Os times voltarão a jogar no domingo, ambos às 19 horas. O Santos vai receber o Botafogo na Vila Belmiro, enquanto o Bahia será visitante diante do Cruzeiro.

O JOGO - O ritmo lento no início do primeiro tempo quase custou caro ao Santos, que precisou contar com uma difícil de Everson para evitar o gol de Gilberto. Mas o susto ficou nisso, pois logo o time conseguiu se impor, especialmente em jogadas pela ponta direita, com Soteldo, que deu trabalho a Douglas Friedrich aos 11.

O gol santista, inclusive, poderia ter saído aos 17, numa jogada em que o zagueiro Juninho fez um corte errado após cobrança de escanteio. Mas Eduardo Sasha estava impedido, em irregularidade só percebida após consulta ao VAR e em um decisão demorada, que levou cerca de três minutos.

Embora anulado, o gol anulado indicava o maior volume de jogo do Santos, ainda mais que o Bahia não conseguia encaixar contra-ataques. Porém, o time só criar lances perigosos pela direita, com Soteldo, com outras peças do meio-campo, como Alison, Sánchez e Evandro, tendo atuação irregular. Assim, o primeiro tempo terminou sem gols.

O cenário de domínio da posse de bola pelo Santos, mas sem muita criatividade, se repetia no começo da etapa final, embora o time conseguisse aproveitar erros na saída de jogo do Bahia. Após erro de Moisés, Marinho roubou a bola e avançou até a grande área, sendo derrubado por Juninho. Aos oito minutos, Sánchez bateu no canto esquerdo, deslocando Douglas e colocando o time em vantagem.

Porém, nem o gol fez o Bahia acordar. Dominado, praticamente não deu trabalho a Everson. O Santos, em vantagem, também não acelerou o ritmo. Ainda teve uma oportunidade com Evandro, mas ele não conseguiu ameaçar a meta adversária, mas não buscou matar o jogo.

E isso quase custou caro, pois o Bahia chegou a marcar com Juninho, mas o gol foi anulado por impedimento após consulta ao VAR. Foi um susto, mas que não impediu o triunfo santista.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS 1 x 0 BAHIA

SANTOS - Everson; Pará, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Jorge; Alison, Carlos Sánchez e Evandro; Marinho (Tailson), Eduardo Sasha (Jean Mota) e Soteldo (Felipe Jonatan). Técnico: Jorge Sampaoli.

BAHIA - Douglas Friedrich; Nino, Juninho, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore (Ronaldo), Flávio e João Pedro (Marco Antonio); Artur, Élber (Rogério) e Gilberto. Técnico: Roger Machado.

GOL - Carlos Sánchez, aos oito minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa/RJ).

CARTÕES AMARELOS - Pará, Marinho, Alison, Jean Mota e Lucas Veríssimo (Santos); Gregore, Ronaldo e João Pedro (Bahia).

RENDA - R$ 209.580,00.

PÚBLICO - 5.634 torcedores.

LOCAL - Vila Belmiro, em Santos (SP).

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Pilotos se dividem sobre possível mudança do GP do Brasil para o Rio de Janeiro
FÓRMULA 1

Pilotos se dividem sobre possível mudança do GP do Brasil para o Rio de Janeiro

Vasco empata com Flamengo em clássico eletrizante
INCRÍVEL

Vasco empata com Flamengo em clássico eletrizante

Cuesta deixa escapar acerto do Internacional com o técnico argentino Coudet
FUTEBOL

Cuesta deixa escapar acerto do Internacional com o técnico argentino Coudet

Alessandro Rodrigo bate recorde em lançamento de disco em Dubai
ATLETISMO

Alessandro Rodrigo bate recorde em lançamento de disco em Dubai

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião