Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Brasileirão

Com chances perdidas, Ponte
e Chapecoense ficam no 0 a 0

6 SET 15 - 12h:15Terra

Na manhã deste domingo, Chapecoense e Ponte Preta se enfrentaram na Arena Condá pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro , e, na reedição do confronto que colocou o time de Santa Catarina nas oitavas de final da Copa Sul-Americana, as duas equipes não saíram do 0 a 0. Com o resultado, os catarinenses chegaram aos 29 pontos, enquanto a Macaca foi a 28 pontos ganhos.

O empate sem gols não fez jus ao que foi o jogo, já que as duas equipes criaram diversas oportunidades para abrir o placar, mas pecaram nas boas atuações dos goleiros e na falta de pontaria nas finalizações. Com isso, Chapecoense e Ponte Preta seguem com um jejum de vitórias, que faz com que os dois times caiam ainda mais na tabela.

A Ponte não vence há cinco jogos, mas o ponto conquistado fora de casa serve, ao menos, para brecar a sequência de derrotas, já que a Macaca havia sido batida nas duas últimas rodadas. Situação parecida com a da Chapecoense, que completou quatro partidas sem um resultado positivo, mas encerrou a série de três derrotas consecutivas.

Na próxima rodada, a Chapecoense tem um clássico estadual pela frente e visita o Joinvile, quarta-feira (09), na Arena do JEC, às 21h. Já a Ponte Preta, recebe o lanterna Vasco , também na quarta-feira, às 19h30, no Moisés Lucarelli. Ambos os duelos válidos pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O JOGO
A Chapecoense começou se impondo desde o começo da partida, e, com apenas quatro minutos, já finalizou pela primeira vez. Em jogada ensaiada, Camilo cobrou escanteio rasteiro na área e Cleber Santana surgiu por trás da marcação para bater de primeira. Entretanto, o camisa 88 chutou mascado e o goleiro Marcelo Lomba defendeu sem problemas.

Aos 12, novo ataque da Chape, mas dessa vez foi a trave que impediu o gol dos donos da casa. Na linha de fundo, Apodi pedalou, driblou Gilson e, de pé esquerdo, levantou na cabeça de Bruno Rangel, que desviou a bola e acertou o pé da trave direita. No rebote, Tiago Luis não conseguiu acertar o chute e mandou para fora.

O Verdão do Oeste seguiu pressionando e atacando pelas laterais do campo, mas só voltou a assustar Marcelo Lomba aos 29 minutos. Camilo fez boa jogada pela esquerda e foi desarmado por Ferron e, na sobra, Bruno Silva encheu o pé direito da entrada da área. A bola foi subiu um pouco, mas Lomba usou as duas mãos e espalmou para longe.

O jogo seguiu movimentado e logo em seguida à chance de Bruno Silva, foi a vez de Diego Oliveira responder para a Ponte. O atacante enganou a marcação e bateu de canhota, de fora da área. A bola foi no ângulo direito de Danilo, mas o goleiro se esticou e conseguiu mandar para escanteio.

O 0 a 0 não fazia jus ao jogo e aos 41, Tiago Luis quase fez um golaço, mas parou em Marcelo Lomba. O atacante deixou um pontepretano caído, passou por Renato Chaves e entrou na área. Sem muito ângulo, ele chutou forte, de pé direito, para mais uma ótima defesa de Lomba.

A segunda etapa começou sem o ritmo alucinante da primeira, e Marcelo Lomba só trabalhou aos 20 minutos. Com um leve toque dentro da área, Camilo deixou para Tiago Luis e o atacante mandou de canhota, com força, obrigando mais uma grande defesa do goleiro da Macaca.

FICHA TÉCNICA 
CHAPECOENSE 0 X 0 PONTE PRETA

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC) 
Data: 06 de setembro de 2015, domingo 
Horário: 11 horas (de Brasília) 
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (MG) 
Assistentes: Moisés Aparecido de Souza (PR) e Rafael Trombeta (PR) 
Cartões amarelos: Gilson e Felipe Azevedo (PON); Flavinho (CHA)

CHAPECOENSE: Danilo, Apodi, Neto, Rafael Lima e Dener Assunção; Elicarlos, Bruno Silva (Maranhão), Cleber Santana e Camilo (Túlio de Melo); Tiago Luís (Flavinho) e Bruno Rangel 
Técnico: Vinicius Eutrópio

PONTE PRETA: Marcelo Lomba, Rodinei, Renato Chaves, Ferron e Gilson; Josimar, Juninho e Elton; Felipe Azevedo (Bady), Cesinha (Clayson) e Diego Oliveira (Fábio Ferreira) 
Técnico: Doriva

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Brasileiro de motocross quer atrair <br>10 mil pessoas em Três Lagoas
EM JUNHO

Brasileiro de motocross quer atrair 10 mil pessoas em Três Lagoas

Estadual de taekwondo vai reunir centena de atletas em Campo Grande
ARTES MARCIAIS

Estadual de taekwondo vai reunir centena de atletas

Niki Lauda falece <br>aos 70 anos
AUTOMOBILISMO

Niki Lauda falece
aos 70 anos

Novo reforço e mais dois são inscritos pelo Corinthians na Sul-Americana
ALTERAÇÕES

Três são inscritos pelo Corinthians na Sul-Americana

Mais Lidas