Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

UFC

Cigano rompe silêncio após doping
e diz que "nunca trapacearia"

20 AGO 2017Por Folhapress19h:00

Junior Cigano se manifestou pela primeira vez depois ter sido notificado pela USADA (agência norte-americana antidoping) sobre uma possível violação no exame antidoping. Em um texto publicado nas redes sociais, o lutador do UFC afirmou que "logo tudo será esclarecido".

"Eu só quero que saibam que essa situação tem sido bastante difícil para mim, meu time e minha família. Eu nunca trapacearia, isso vai contra tudo o que acredito e apoio", afirmou.

Horas depois do anúncio do doping, a equipe de Cigano emitiu um comunicado e afirmou que pedirá contraprova do exame. Segundo o estafe do lutador, a substância encontrada se chama hidroclorotiazida, um diurético que pode mascarar outras substâncias proibidas pela USADA. A equipe de Cigano trabalha com a possibilidade de que algum suplemento ou medicamento que o atleta tenha tomado estava contaminado.

Por causa do doping, Cigano foi retirado do card do UFC 215. O Ultimate anunciou que ainda busca um substituto para enfrentar Francis Ngannou.

Leia Também