Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ATLETISMO

Brasileiros avançam às finais no salto com vara do Mundial

Augusto Dutra e Keila Costa passaram com sucesso pelas eliminatórias
22/08/2015 16:13 - GAZETA ESPORTIVA


 

Dois brasileiros se classificaram para as finais de sua provas no primeiro dia de disputa do Mundial de Pequim. Neste sábado, Augusto Dutra (salto com vara) e Keila Costa (salto triplo) passaram com sucesso pelas eliminatórias no Estádio Ninho de Pássaro.

Depois de superar as marcas de 5,40m, 5,55m e 5,65m, Augusto garantiu a classificação ao ultrapassar 5,70m, altura de corte, na primeira tentativa. “Meu objetivo agora é, pelo menos, superar o meu recorde pessoal de 5,82m na final”, declarou o competidor de 25 anos.

A exemplo do que ocorreu nos Jogos Pan-Americanos, Thiago Braz, treinado por Vitaly Petrov, decepcionou ao saltar 5,65m. “Cometi vários erros técnicos durante a prova. Vou conversar com o meu técnico para tentar corrigir”, disse o atleta, quarto colocado no ranking mundial de 2015 (5,92m). Fábio Gomes (5,40m) também não avançou.

No salto triplo, Keila registrou 14,02m e foi a 10ª entre as 12 finalistas. “Gostei da prova e espero melhorar meu resultado na segunda-feira”, comentou a pernambucana de 32 anos. Já Núbia Soares saltou 13,52m e não se classificou para a decisão. Na heptatlo, após as quatro primeiras provas, Vanessa Spinola é a 27ª (3.438 pontos).

Na noite deste domingo, mais competidores brasileiros estreiam no Mundial. A principal atração é a experiente Fabiana Murer, campeã mundial do salto com vara em Daegu 2011. Ela começa a competir na qualificação no Ninho de Pássaro a partir das 22h30 (de Brasília).

“Vai ser certamente uma prova difícil. Temos pelo menos 20 atletas saltando 4,60m. Tenho que fazer no mínimo isso ou 4,65m. Não vai ser fácil, mas estou bem treinada”, lembrou Fabiana, que tem 4,80m como melhor resultado da temporada, principal esperança de medalha do Brasil na China.

Felpuda


Vereador de Campo Grande fez pronunciamento com forte teor preconceituoso que obviamente não agradou, principalmente as mulheres. A repercussão negativa foi grande e ele teve de ler cobras e lagartos em seu perfil nas redes sociais. Assim, correu para publicar nota de esclarecimento tentando colocar panos quentes e se comprometendo a, já na próxima sessão, solicitar a retirada de sua fala dos chamados “anais da Casa”. Também, pudera!