SUÍÇA

Brasil encerra Jogos de Inverno da Juventude com 11º lugar como melhor resultado

Brasil encerra Jogos de Inverno da Juventude com 11º lugar como melhor resultado
21/01/2020 22:00 - ESTADÃO CONTEÚDO


A campanha brasileira nos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude, realizados em Lausanne, chegou ao fim, nesta terça-feira, com as participações de Taynara da Silva na prova de 5 quilômetros, e Rhaick Bomfim e Manex Silva na disputa dos 10km, do esqui cross-country. E o melhor resultado durante toda a disputa na Suíça foi de Noah Bethonico, 11º colocado na disputa do snowboard cross.

"Foi uma experiência inesquecível, me diverti demais. Foi mais incrível do que imaginava. Aprendi demais. Pude ver certinho o nível que o pessoal da minha idade está, no que tenho que trabalhar para melhorar. Vou continuar treinando para um dia ser um dos melhores", disse Noah, em declarações divulgadas pelo COB

Eduarda Ribera também competiria nesta terça, mas sofreu uma queda ainda no aquecimento e ficou fora da disputa. Taynara terminou a prova em 74º, Manex foi o 55º e Rhaick concluiu a disputa em 62º.

"Gostei da minha última disputa em Lausanne. Correu tudo dentro do esperado e consegui concluir a prova. Eu me senti bem, até porque essa é a prova que mais gosto", disse Taynara, que antes havia disputado outras duas provas no esqui cross-country e duas no biatlo, sendo a primeira brasileira a disputar duas modalidades diferentes nos Jogos da Juventude de Inverno.

O Brasil teve 12 atletas nos Jogos de Inverno da Juventude, encarando o evento olímpico como mais uma etapa para seu crescimento internacional nas modalidades de neve e gelo.

O evento reuniu 1.872 competidores em oito esportes, sendo esta a sua terceira edição, que chegará ao fim na quarta-feira, com os últimos eventos e a cerimônia de encerramento.

Confira os resultados dos brasileiros no Jogos de Inverno da Juventude:

Eduarda Ribera (cross country) - 72º lugar (corss country sprint) e 73º(cross country cross).

Larissa Cândido (skeleton) - 19º.

Lucas Carvalho (skeleton) - 20º.

Manex Silva (cross country) - 39º (cross country sprint), 49º (cross country cross) e 55º (cross country 10km)

Rhaik Bomfim (cross country) - 50º lugar (cross country sprint) 76º lugar (cross country cross), 62º lugar (cross country 10km)

Taynara da Silva (biatlo e cross country) - 74º lugar no cross country cross velocidade livre e nos 5km, 77º no cross country sprint, 92º no biatlo individual 10km e 94º no biatlo velocidade 6km.

Curling misto - Vitor Melo, Gabriela Rogic Farias, Michael Velve e Leticia Sid = 12º lugar, com 0 vitórias, 5 derrotas.

Noah Bethonico (snowboard) = 11º no snowboard cross

Gustavo dos Santos Ferreira (bobsled) = 13º no monobob do bobsled.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".