Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Usain Bolt

Bolt abre mão dos 200 m e só disputará
100 m e revezamento no Mundial

19 JUL 17 - 13h:18FolhaPress

Usain Bolt confirmou que só disputará os 100 m livres e o revezamento 4x100 m no Campeonato Mundial de Londres, que será realizado em agosto. Desta forma, o homem mais rápido do mundo abrirá mão dos 200 m.

"Meu objetivo é ganhar em Londres. Eu quero me aposentar de forma vencedora", falou o jamaicano de 30 anos de idade.

O dono de oito medalhas de ouro em Jogos Olímpicos, o velocista confirmou a informação na entrevista coletiva realizada antes da etapa de Mônaco da Liga Diamante.

Esta será a última participação de Bolt em Campeonatos Mundiais, em que já venceu 11 provas, sendo, nas quatro últimas edições, em Berlim (2009), Daegu (2011), Moscou (2013) e Pequim (2015) o 4x100. Em 2009, 2013 e 2015, o jamaicano levou a melhor nos 100 m rasos.

O velocista ainda é tetracampeão mundial dos 200m, mas, neste ano resolveu ficar fora da disputa.
Questionado na entrevista coletiva sobre a aposentadoria, no fim desta temporada, Bolt garantiu que encerra a trajetória com o sentimento de dever cumprido.

"Levei o atletismo a um novo nível de diversão e de entretenimento, mas sinto que é o momento de parar, porque já alcancei todos os meus objetivos", disse o jamaicano.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Canadá bate Nova Zelândia <br>e avança às oitavas do Mundial
COPA DO MUNDO FEMININA

Canadá bate Nova Zelândia e avança às oitavas do Mundial

Venezuela e Peru estreiam com 0 a 0 para 13 mil pessoas na Arena Grêmio
COPA AMÉRICA

Venezuela e Peru estreiam com 0 a 0 para 13 mil pessoas

Estudante de medicina abandona amigo ferido após carro capotar
PONTA PORÃ

Estudante abandona amigo ferido após carro capotar

Com time misto, Brasil passa fácil pela China e se recupera na Liga das Nações
VÔLEI

Brasil passa fácil pela China e se recupera na Liga das Nações

Mais Lidas