Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

INDENIZAÇÃO

Audiência discute soluções para famílias vítimas do acidente da Chape

Senador de MS é um dos proponentes da discussão

14 JUN 19 - 15h:47FÁBIO ORUÊ

Audiência pública no Senado Federal, que acontece na próxima terça-feira (18), tem como objetivo encontrar soluções para que os familiares das vítimas do acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em 29 de novembro de 2016, sejam indenizados pela tragédia.

De acordo com informações da assessoria do Senado, muitas dessas famílias permanecem com pendências judiciais, securitárias e indenizatórias, por conta disso, os senadores Nelson Trad Filho (PSD-MS), Esperidião Amin (PP-SC), presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), e Marcos do Val (Cidadania-ES), vice-presidente da comissão, fizeram a proposta do debate.

O avião com a delegação da Chapecoense seguia para a Colômbia, para disputar a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional de Medellín, quando caiu, matando 71 pessoas, em 2016.

Apenas seis sobreviveram: três jogadores, o zagueiro Helio Zampier Neto, o lateral Alan Ruschel, o goleiro Jackson Follmann, o jornalista Rafael Henzel (morto em março deste ano em decorrência de um infarto), e dois integrantes da tripulação, estrangeiros.

Foram convidados para a audiência os jogadores Hélio Hermito Zampier Neto e Jackson Ragnar Follmann; a presidente da Associação dos Familiares e Amigos das Vítimas do Voo da Chapecoense, Fabienne Belle; o vice-presidente jurídico da Associação Chapecoense de Futebol, Cesair Bartolomei; e o representante da Agência Nacional da Aviação Civil (Anac), Claudio Beschizzaianelli.

Também devem participar do debate Marcos Rocha e Ricardo Albacete, representantes da empresa aérea boliviana Lamia.

Serão convidados também representantes das seguintes entidades: Superintendência de Seguros Privados (Susep), Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Autoridade de Fiscalização e Controle de Pensão e Seguros da Bolívia, Direção Geral de Aeronáutica Civil da Bolívia, Aeronáutica Civil da Colômbia e Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol).

Devem participar ainda representantes de diversas empresas: Clyde &Co, AON UK Limited, Beaumont & Son, Off Side Logística Esportiva Ltda, BISA Seguros e Resseguros S.A. e Martel Assessoria e Consultoria Aeronáutica.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Austrália fica em segundo do grupo e vai às oitavas de final
COPA DO MUNDO FEMININA

Austrália fica em segundo do grupo e vai às oitavas de final

Brasil bate Itália com gol histórico de Marta e avança às oitavas do Mundial
COPA DO MUNDO FEMININA

Brasil bate Itália com gol histórico de Marta e avança

Brasil bate a Itália pela Liga das Nações de vôlei feminino
ESPORTE

Brasil bate a Itália pela Liga das Nações de vôlei feminino

FUTEBOL 2019

Por suposta corrupção envolvendo Copa do Catar, Michel Platini é detido em Paris

Mais Lidas