Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

BRASILEIRO SÉRIE A

Atlético-MG fica no 0 a 0 com Goiás e mantém a liderança

Depois de partida, Atlético-MG continuou como líder do Campeonato Brasileiro, agora com 36 pontos

9 AGO 15 - 17h:31TERRA

Goiás e Atlético-MG empataram por 0 a 0, neste domingo (9), no estádio Serra Dourada. O time da casa teve inúmeras chances de gol, principalmente na segunda etapa, mas não conseguiu converter as oportunidades. O Galo não fez um bom jogo e pouco finalizou. 
Com o resultado, o Esmeraldino permaneceu na zona de rebaixamento, na 17ª posição, com 15 pontos. Na próxima quarta-feira, o Goiás terá outra partida em casa. O adversário será a Chapecoense, às 21h (de Brasília).

Já o Atlético-MG continuou como líder do Campeonato Brasileiro, agora com 36 pontos. Na próxima quinta-feira, o Galo joga em casa, no Mineirão, contra o Grêmio. O jogo está marcado para às 21h (de Brasília).

A partida começou muito truncada, principalmente no meio de campo. As duas equipes não conseguiam completar as jogadas ofensivas, ora devido a erros de passe, ora devido a desarmes da zaga adversária. O Goiás teve a primeira chance de gol, aos oito minutos, com Felipe Menezes. O meia avançou pela esquerda, driblou Leonardo Silva e chutou para boa defesa do goleiro Victor.

O Atlético-MG tinha dificuldades em furar o bloqueio defensivo do Goiás, que se fechava quando não tinha a bola. Aos 15, o Galo conseguiu chegar, com Marcos Rocha. O lateral direito tentou a finalização duas vezes, mas foi travado pela zaga goiana em ambas as tentativas.


O jogo permaneceu muito estudado no primeiro tempo, sem chances claras de gol. O Atlético-MG jogava em um ritmo diferente, já que não contava com a presença de Lucas Pratto como referência no ataque. O Goiás dava a posse de bola para o adversário e marcava forte, sobretudo na faixa central do gramado.

Aos 39 minutos, Thiago Ribeiro desperdiçou uma oportunidade de abrir o placar. O atacante recebeu passe na área, mas finalizou fraco, em cima de Renan, facilitando a defesa do goleiro esmeraldino.

O Goiás ensaiou um a pressão no início da segunda etapa. Murilo Henrique tentou o chute, a bola desviou na zaga atleticana e sobrou para Erik, na entrada da área. O atacante foi desarmado por Jemerson no momento da finalização. Na sequência do lance, Fred recuperou para o Verdão, pela direita, e sofreu falta de Douglas Santos. Diogo Barbosa bateu a falta direito para o gol e Victor tirou de soco. Logo depois, Bruno Henrique chutou cruzado e a bola passou na frente do gol. Erik tentou chegar, mas não alcançou.

Na marca de 13 minutos, o Esmeraldino chegou novamente. Felipe Menezes cobrou escanteio curto para Diogo Barbosa. O lateral esquerdo cruzou para a área e Liniker, que entrou no lugar de Murilo Henrique, desviou por cima do gol. O Goiás continuava pressionando o Atlético-MG em busca do gol. Em um rápido contra-ataque, Erik disparou sozinho, ficou cara a cara com Victor, mas resolveu rolar para Bruno Henrique e jogou nas mãos do goleiro alvinegro.

No segundo tempo o jogo ficou mais aberto e o Goiás chegava mais ao ataque. Aos 29, Erik abriu pela direita e cruzou para a área. A bola foi forte demais e Bruno Henrique até conseguiu cabecear, mas sem direção. Aos 32, Ruan, que entrou na vaga de Bruno Henrique, acertou o travessão, após receber passe de Felipe Menezes.

O Goiás continuava no ataque, mas não conseguia colocar a bola para dentro do gol. O Atlético-MG chegava pouco e teve uma boa chance apenas aos 43 minutos, com Dátolo, que substituiu Thiago Ribeiro. O meia arriscou de fora da área e Renan espalmou para escanteio. A falta de pontaria dos jogadores das duas equipes foi preponderante para o placar ficar inalterado.

GOIÁS 0 X 0 ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO) 
Data: 9 de agosto de 2015, domingo 
Horário: 16 horas (de Brasília) 
Árbitro: Raphael Claus (SP) 
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Rodrigo Henrique Corrêa (RJ)

Cartões amarelos: Fred e Gimenez (Goiás); Douglas Santos e Marcos Rocha (Atlético-MG)

GOIÁS: Renan; Gimenez, Fred, Felipe Macedo e Diogo Barbosa; Rodrigo, David, Felipe Menezes e Murilo Henrique (Liniker); Bruno Henrique (Ruan) e Erik (Carlos) 
Técnico: Julinho Camargo

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Jemerson, Leonardo Silva e Douglas Santos (Pedro Botelho); Leandro Donizete, Rafael Carioca, Giovanni Augusto e Cárdenas (Dodô); Thiago Ribeiro (Dátolo) e Guilherme 
Técnico: Levir Culpi

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Palmeiras encaminha venda de Moisés para clube chinês
FUTEBOL 2019

Palmeiras encaminha venda de Moisés para clube chinês

Ana Marcela conquista segundo ouro no Mundial de Esportes Aquáticos
ESPORTE

Ana Marcela conquista segundo ouro no Mundial de Esportes Aquáticos

Em final brasileira, Gabriel Medina bate Ítalo Ferreira e vence em Jeffreys Bay
SURFE

Em final brasileira, Gabriel Medina bate Ítalo Ferreira e vence em Jeffreys Bay

Barça oferece R$ 420 milhões e mais dois jogadores por Neymar
FUTEBOL 2019

Barça oferece R$ 420 milhões e mais dois jogadores por Neymar

Mais Lidas