Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

2 a 0

Atlético-MG vence, deixa o Flamengo em crise e se aproxima do G-6 do Brasileiro

13 AGO 17 - 18h:15FOLHAPRESS

Eliminado da Copa Libertadores quatro dias atrás, pelo Jorge Wilstermann, o Atlético-MG precisava de uma vitória para afastar a crise que cercava a Cidade do Galo. Então, para o torcedor atleticano, nada melhor do que vencer o Flamengo. O triunfo por 2 a 0, neste domingo (13), no Independência, deixa o time mineiro mais próximo do G-6 do Campeonato Brasileiro.

A vaga na Libertadores está traçada pelo técnico Rogério Micale como principal meta do Atlético-MG. Com os 26 pontos atuais, o time alvinegro subiu para a nona colocação e está três pontos atrás do sexto colocado, que é justamente o Flamengo.

O Atlético-MG saiu na frente com um gol de pênalti de Fábio Santos, aos 16min do primeiro tempo. Na etapa final, Rafael Moura, que saiu jogando no comando do ataque, determinou o triunfo mineiro aos 9min.

Com o resultado, o Atlético-MG se recupera após duas derrotas no Brasileiro que colocaram a equipe próxima da zona da degola. O triunfo também quebrou uma sequência de quatro derrotas em casa -esse foi apenas o terceiro triunfo em 11 jogos do Atlético-MG diante de sua torcida.

Para o Flamengo, o momento ainda é de crise. Essa foi a terceira derrota consecutiva da equipe que foi interinamente comandada por Jayme de Almeida. O novo treinador rubro-negro, o colombiano Reinaldo Rueda, assistiu à partida no estádio.

O Flamengo não sabe o que é ganhar há quatro partidas, mas, agora, terá de pensar em outro campeonato, pois, na quarta-feira, enfrenta o Botafogo, pela semifinal da Copa do Brasil, no Engenhão.

Pelo Brasileiro, o próximo compromisso do time rubro-negro é o Atlético-GO, no próximo sábado, na Ilha do Urubu. Já o Atlético-MG terá um compromisso complicado diante do Fluminense, na segunda-feira (21), no Maracanã.

ATLÉTICO-MG
Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel (Felipe Santana), Fábio Santos; Rafael Carioca, Elias, Adilson (Otero), Cazares; Luan (Yago), Fred.
T.: Rogério Micale

FLAMENGO
Diego Alves; Pará, Réver, Rhodolfo, Renê; Márcio Araújo, Willian Arão, Everton Ribeiro; Berrío (Cuéllar), Geuvânio (Renê), Felipe Vizeu (Vinicius Junior).
T.: Jayme de Almeida (interino).

Estádio: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Público: 11.031 presentes
Renda: R$ 235.523,00
Juiz: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Cartões amarelos: Gabriel, Rafael Carioca e Adilson (Atlético-MG); Rhodolfo (Flamengo)
Cartão vermelho: Trauco (Flamengo)
Gols: Fábio Santos aos 15min do primeiro tempo; Rafael Moura aos 8min do segundo tempo

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Conpresp abre processo para analisar o tombamento do Canindé
ESTÁDIO DA PORTUGUESA

Conpresp abre processo para analisar o tombamento do Canindé

Basquete feminino: de malas prontas para Pré-Olímpico Mundial
TÓQUIO 2020

Basquete feminino: de malas prontas para Pré-Olímpico Mundial

Ícone do basquete, Kobe Bryant morre em acidente de helicóptero
CAIU NOS EUA

Ícone do basquete, Kobe Bryant morre em acidente de helicóptero

Fora de casa, Maracaju vence o Corumbaense no Sul-Mato-Grossense
CAMPEONATO ESTADUAL

Fora de casa, Maracaju vence o Corumbaense no Sul-Mato-Grossense

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião