Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

FUTEBOL INGLÊS

Após polêmica com chineses, Kenedy deixa excursão do Chelsea na Ásia

25 JUL 2017Por FolhaPress12h:42

Depois da polêmica por conta de publicações que foram interpretadas pelos chineses como ofensas, o Chelsea decidiu tirar o brasileiro Kenedy do restante da pré-temporada na Ásia e mandá-lo de volta para a Inglaterra, informam diversos meios de comunicação ingleses nesta terça-feira (25) como a BBC e o jornal "The Guardian". O Chelsea ainda não se pronunciou oficialmente.

No último fim de semana, o brasileiro de 21 anos de idade publicou nas redes sociais comentários como "P..., China". Além disso, Kenedy postou a foto de um segurança dormindo e escreveu: "Acorda, China. Vacilão".

Antes de tomar a decisão de tirá-lo da China, o Chelsea emitiu um comunicado oficial em inglês e chinês se desculpando pelo ocorrido. "Ficamos surpresos e desapontados, porque um dia antes do jogo, um de nossos jogadores, Kenedy, postou mensagens em sua conta de mídia social que causaram grande ofensa e feriram os sentimentos do povo da China. O Chelsea pede desculpas sinceras e solenes".

Na vitória do Chelsea por 3 a 0 sobre o Arsenal do último sábado (22), em amistoso realizado em Pequim, Kenedy foi fortemente vaiado antes do início da partida. Ele também se desculpou pelo ocorrido.

"Eu gostaria de pedir desculpas ao povo chinês, que foram ofendidos sem querer. Me desculpe! Gosto muito dos chineses, o povo fez uma recepção muito calorosa. Gratidão pelo apoio que deram. Espero que vocês possam me perdoar. Aqui peço sinceras desculpas", escreveu Kenedy nas redes sociais.

Depois do amistoso contra o Arsenal, o Chelsea viajou para Cingapura, onde o clube enfrenta o Bayern de Munique na sequência da pré-temporada.

Leia Também