Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

CRISE

Vendas de caminhões caíram 48,4% este ano em MS

Queda reflete a combinação entre excesso de frota e crise

4 SET 15 - 00h:00DA REDAÇÃO

As vendas de caminhões novos caíram quase pela metade em Mato Grosso do Sul no mês passado, de acordo com os números da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). A queda, que foi de 48,44%, reflete a combinação entre excesso de frota e economia desaquecida. Em agosto deste ano, foram vendidos, em todo o Estado, 33 caminhões novos contra 64 comercializados em igual mês de 2014.

Em números relativos, a retração no setor de caminhões foi a mais acentuada entre todos os segmentos. No total, as vendas de veículos recuaram 14,79% no Estado na comparação entre agosto de 2015 e de 2014. 

Agosto não é exceção em se tratando de vendas fracas. No acumulado deste ano (janeiro a agosto), foram comercializados 275 caminhões em Mato Grosso do Sul, 39,26% a menos que as 453 unidades vendidas no mesmo intervalo de 2014. E essa trajetória de resultados negativos deve se manter por um período considerável. 

(*) A reportagem, de Osvaldo Junior, está na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Novas variedades e safra recorde de soja são anunciadas durante feira agropecuária
SHOWTEC

Novas variedades e safra recorde de soja são anunciadas durante feira agropecuária

Indústria chinesa de processamento de milho começa a operar em outubro
EM MARACAJU

Indústria chinesa de processamento de milho começa a operar em outubro

Em Davos, governo encontra investidores para oferecer projetos, incluindo o 5G
FÓRUM ECONÔMICO MUNDIAL

Em Davos, governo encontra investidores para oferecer projetos, incluindo o 5G

Orçamento de 2020 prevê 51,3 mil vagas em concursos federais
BRASIL

Orçamento de 2020 prevê 51,3 mil vagas em concursos federais

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião