Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

campo grande

Venda da folha pode garantir
13º de servidores municipais

Prefeitura pretende obter R$ 50 milhões com operação

15 SET 17 - 07h:00DA REDAÇÃO

A Prefeitura de Campo Grande espera pagar o 13º salário dos servidores públicos com a venda antecipada da folha de pagamento.

O certame está previsto para o próximo mês, e o pagamento aos servidores, para 1º de dezembro. De acordo com o secretário municipal de Finanças, Pedro Pedrossian Neto, a expectativa é de que a venda da folha supere o valor mínimo estipulado e garanta o pagamento integral do 13º salário, sem a necessidade de complementação com recursos municipais.

“Tendo como referência que, em 2012, vendemos a folha por R$ 33 milhões, vamos partir de R$ 50 milhões neste leilão. A licitação estabelecerá este como o valor mínimo para participar, mas espero que a arrecadação com a venda da folha atinja cerca de R$ 60 milhões. Se der mais, pagaremos integralmente o 13º, sem esforço da prefeitura, é o que a gente espera”.

O valor mínimo para a participação foi aceito pelos bancos que já demonstraram interesse na licitação, o que, na avaliação do secretário, é positivo, uma vez que afasta a possibilidade de anular a licitação por falta de interessados.

A folha de pagamento dos servidores públicos municipais foi vendida, ao antigo HSBC, hoje Bradesco, pelo prazo de 60 meses. O contrato vence em julho de 2018 e será mantido.

*Leia reportagem, de Renata Prandini, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Em menos de 5 anos, País terá de voltar a discutir capitalização, diz secretário

Dívidas de IPVA somam R$ 116,7 milhões em Mato Grosso do Sul
2019

Dívidas de IPVA somam
R$ 116,7 milhões em MS

ECONOMIA

Mercado reduz estimativa de crescimento da economia para 0,81%, diz BC

Hortifruti pode custar até 5 vezes mais em MS
ECONOMIA

Hortifruti pode custar até 5 vezes mais em MS

Mais Lidas