Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

potencial

Turismo movimentou R$ 44 milhões
na economia de Campo Grande

Prefeitura lançou plano para incentivar o setor

1 SET 2017Por DA REDAÇÃO05h:00

Movimentação de turistas trouxe para Campo Grande R$ 44 milhões no mês de julho, resultando em uma taxa de ocupação de 53,61% na rede hoteleira, hoje de 5,5 mil leitos.

Os dados são do boletim do Observatório do Turismo da Capital, da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur).

Lançado em março, o instrumento começou a medir o impacto dos visitantes para a movimentação econômica da cidade em junho, registrando o montante de R$ 41,2 milhões. No comparativo entre os dois meses, o aumento é de 6,8%.

“Todos os meses estamos medindo o turismo em Campo Grande, com números como a média de dias em que as pessoas ficam na cidade, quanto estão gastando, as atividades que estão desenvolvendo aqui, e esses números nos ajudam a preparar a demanda e melhorar a qualidade dos serviços aos nossos visitantes”, explicou a secretária municipal de Cultura e Turismo, Nilde Brum. 

De olho no potencial do turismo como importante produto da Capital, a prefeitura lançou ontem o Plano Municipal de Cultura, que traz metas e ações a serem realizadas em conjunto pelo poder público, trade turístico, entidades da sociedade e universidades para os próximos 10 anos no setor, prevendo revisões anuais. 

Uma das frentes de ação do setor turístico de Campo Grande e também elencada no Plano lançado ontem — ampliar a oferta de voos para a Capital — deve ganhar reforço a partir de outubro, com a entrada em atividade do voo Campo Grande-Assunção, da empresa Amazonas Linhas Aéreas.

De acordo com informações da secretária Nilde Brun, o voo inaugural está programado para o dia 4 e o início das operações para o dia 11. 

*Leia reportagem, de Daniella Arruda, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Leia Também