Quarta, 13 de Dezembro de 2017

campo grande

Tarifa de água e esgoto fica
mais cara a partir de janeiro

Reajuste tarifário médio para consumidor é de 1,83%

7 DEZ 2017Por DA REDAÇÃO06h:00

Consumidor residencial de Campo Grande deverá pagar até 1,91% mais caro pelos serviços de água e 2,03% a mais pela taxa de esgoto a partir de 6 de janeiro de 2018.

É o que estabelece decreto publicado ontem no Diário Oficial do município, trazendo os novos preços estabelecidos pela Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos (Agereg) para a empresa Águas Guariroba, responsável pelo abastecimento de água e tratamento de esgoto na Capital. 

Conforme a publicação, o reajuste tarifário dos serviços de água e esgoto para o município de Campo Grande é de 1,83%. Porém o decreto traz mudanças, entre elas redução do consumo mínimo para 5m³ em todas as faixas de consumo (residencial, comercial, industrial e poder público) e criação de mais uma faixa, que vai de 6 a 10m³.

Com a nova tabela de custo, uma casa residencial que usa entre 16 e 20 m³, por exemplo, deve pagar R$ 5,56 na tarifa de água e R$ 4,10 de esgoto por metro cúbico consumido — aumentos de, respectivamente, 1,91% e 1,99% em relação aos valores da tabela vigente neste ano.

Para a menor faixa de consumo, até 5m³, a tarifa de água será de R$ 4,49 (acréscimo de 1,81%) e esgoto, de R$ 3,14 (aumento de 1,61%). Para as casas em que o consumo é acima de 50m³, a tarifa de água subirá de R$ 10,29 para R$ 10,48 (+1,84%) e a de esgoto, de R$ 7,21 para R$ 7,34 (+1,79%).

*Leia reportagem, de Daniella Arruda, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Leia Também