Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Economia

Rumores sobre saída de Levy incomodam Planalto

Notícia só serve para tornar mais instável o cenário econômico brasileiro, dizem assessores

24 AGO 15 - 23h:00FOLHAPRESS

Rumores sobre uma saída de Joaquim Levy (Fazenda) do governo incomodaram o Palácio do Planalto. Segundo assessores, este tipo de notícia, em um momento de turbulências na economia mundial e na política brasileira, só serve para tornar mais instável o cenário econômico brasileiro.

Um assessor palaciano disse à reportagem que não há possibilidade de o ministro deixar o governo, apesar dos desentendimentos ocorridos entre ele e a equipe do vice-presidente Michel Temer nas negociações para liberação de verbas de emendas parlamentares.

Um outro assessor lembrou que Levy, neste final de semana, participou, em Washington, de duas reuniões da Junta de Execução Orçamentária por telefone. As reuniões, com a participação da presidente, foram realizadas no sábado (22) e domingo (23).

O governo está fechando sua proposta de Orçamento para 2016 e finaliza medidas de cortes de despesas, inclusive obrigatórias, e aumento de receitas para cumprir a meta de superavit primário de 0,7% do PIB (Produto Interno Bruto).

A equipe de Levy divulgou ainda que, em setembro, ele vai participar da reunião do G-20 (grupo das economias mais importantes do mundo) na Turquia como sinalização de que não está nos seus planos deixar o governo.

A viagem do ministro da Fazenda para Washington, num momento em que circularam informações sobre seus desentendimentos com a equipe de Temer, gerou rumores sobre uma eventual saída sua do governo.

Levy viajou para os Estados Unidos por questões pessoais e sua viagem foi autorizada pela presidente Dilma.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Ministério da Agricultura diz que preço da carne caiu 9% desde início do mês

Dólar cai para R$ 4,146 e fecha no menor nível em quase um mês
ECONOMIA

Dólar cai para R$ 4,146 e fecha no menor nível em quase um mês

Carnês do IPVA começam a ser enviados aos contribuintes em MS
IMPOSTO VEICULAR

Carnês do IPVA começam
a ser enviados em MS

No Rio, Guedes diz que não há razão para pessimismo no país
BRASIL

No Rio, Guedes diz que não há razão para pessimismo no país

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião