Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

DESAVENÇA

Reforma da Previdência está quebrando os munícipios, alfineta Trad

União quer cuidar só dela e o governo municipalista que falavam está tudo ao contrário, diz Trad

10 JUL 19 - 16h:50EDUARDO PENEDO e BRUNA AQUINO

O prefeito de Campo Grande Marcos Trad (PSD) criticou a reforma da previdência que deixa os municípios de fora e a falta da política municipalista que foi pregada durante a campanha. “Gente, vão quebrar os municípios, estão quebrando, é difícil de explicar aqui é uma aula de direito administrativo, acontece que a União quer cuidar só dela e o governo municipalista que falavam está tudo ao contrário, eles vão quebrar os municípios”, argumenta o prefeito durante a assinatura do pacote de obras do Programa Finisa II (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento), na manhã desta quarta-feira (10), no Gabinete da Esplanada.  

Trad se lamentou pela dificuldade em conseguir recursos federais e disse que a única alternativa para dar continuidade às obras de recapeamento em Campo Grande foi por meio dos empréstimos de R$ 30 milhões com a Caixa Econômica Federal. "Vamos devolver cada centavo e honrar o pagamento em cada financiamento", diz o prefeito. 

 O prefeito lembra ainda que Campo Grande ficou fora do repasse extra de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) que foi de  R$ 4,33 bilhões foi dividido em 5.568 municípios do país. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Em menos de 5 anos, País terá de voltar a discutir capitalização, diz secretário

Dívidas de IPVA somam R$ 116,7 milhões em Mato Grosso do Sul
2019

Dívidas de IPVA somam
R$ 116,7 milhões em MS

ECONOMIA

Mercado reduz estimativa de crescimento da economia para 0,81%, diz BC

Hortifruti pode custar até 5 vezes mais em MS
ECONOMIA

Hortifruti pode custar até 5 vezes mais em MS

Mais Lidas