Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MAIS UMA EDIÇÃO

Refis Natalino oferece 90% de desconto para contribuinte quitar dívidas

Objetivo é que população use o 13º para regularizar débitos

7 NOV 19 - 15h:13GLAUCEA VACCARI

Câmara Municipal de Campo Grande aprovou mais uma edição do Programa de Pagamento Incentivado (PPI), conhecido como Refis Natalino. Programa oferece até 90% de desconto nos juros e multas para o contribuinte regularizar débitos tributários e não tributários vencidos.

Projeto de Lei foi aprovado em regime de urgência, em única votação e discussão e segue para sanção do prefeito Marcos Trad (PSD) para entrar em vigor.

Proposta é que a renegociação ocorra do dia 11 de novembro até 5 de dezembro. Objetivo é dar oportunidade para que os campograndenses possam aproveitar o pagamento do 13º para regularizem os débitos vencidos inscritos ou não em dívida ativa, ajuizados ou não, com exigibilidade ou não, exceto os oriundos de: infração à legislação de trânsito; indenização devida ao Município por dano causado ao seu patrimônio; débito de natureza contratual, contrapartida financeira, outorga onerosa, arrendamento ou alienação de imóveis. 

Podem aderir os contribuintes que têm débitos com IPTU, ITBI, ISS, contribuição de melhorias, parcelamentos imobiliários e mobiliários auto de infração, taxas mobiliárias, entre outros tributos. Débitos com a prefeitura por multas ambientais, por não ter limpado o terreno ou não ter ligado rede de esgoto da residência com a rede da rua, por exemplo, também podem ter desconto no Refis. 

O programa prevê que os créditos podem ser quitados à vista com desconto de 90% da atualização monetária, dos juros de mora incidentes sobre o valor do crédito tributário e multa, quando houver. 

No caso de parcelamento ou reparcelamento em até seis vezes, o desconto será de 75%. Para quem pagar em 12 parcelas, a remissão cai para 30%.

Valor mínimo da parcela não poderá ser menor do que R$ 50 para pessoa física e R$ 100 para pessoa jurídica. 

Para aderir ao Programa, o contribuinte deverá ir até a Central do IPTU, localizada na Rua Dr. Arthur Jorge, nº 500, anexo ao Paço Municipal), das 8h às 16h.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

DIZ PESQUISA

Faturamento online com Black Friday deve crescer 18% ante 2018

BACIA DE SANTOS

Petrobras inicia produção de petróleo e gás natural no campo de Berbigão

Dólar volta a fechar no segundo maior valor desde criação do real
NÍVEL HISTÓRICO

Dólar volta a fechar no segundo maior valor desde criação do real

Turistas que vem ao Estado gastam mais de R$ 1 mil
PESQUISA

Turistas que vem ao Estado gastam mais de R$ 1 mil

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião