Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

AUTORIZAÇÃO DO CONFAZ

Refis Estadual poderá ter mais uma edição em 2020

Devedores de impostos podem ter mais uma oportunidade para renegociar dívidas

11 OUT 19 - 18h:12NATALIA YAHN

O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) autorizou o Mato Grosso do Sul, a conceder remissão parcial de débitos fiscais e de anistia parcial de suas multas e juros relacionados a dois impostos. 

Com isso o Estado poderá criar mais um Refis, como é popularmente conhecido o programa, e os devedores do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação ( ICMS) e do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias (ICM) poderão negociar suas dívidas.

A medida foi publicada ontem no Diário Oficial da União (DOU), após autorização do Confaz em sua 318ª Reunião Extraordinária realizada na quinta-feira (10) em Brasília (DF). O despacho foi assinado pelo presidente do Conselho, em exercício, Waldery Rodrigues Junior, junto com o Secretário de Estado de Fazenda (Sefaz), Felipe Mattos de Lima Ribeiro.
O convênio estabelece  medidas para incentivar e regularizar débitos tributários de competência do Distrito Federal para o Refis 2020, mas os critérios podem ser aplicados aos outros estados que aderirem ao mesmo.

O maior desconto, de acordo com o texto, é válido para quem optar pelo pagamento da dívida em parcela única com redução de até 95% das multas punitivas e moratórias, e de 80% dos juros de mora. O contribuinte poderá optar ainda pela regularização em até 60 parcelas mensais e sucessivas, com redução de 80% das multas e 60% dos juros.

Projeto de lei para implantar o Refis deve ser elaborado e enviado à Assembleia Legislativa, pelo governo do Estado, após a autorização do Confaz. Em março deste ano foi encerrada a última edição do Refis estadual.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Dólar tem maior queda em quase dois meses e bolsa bate recorde
ECONOMIA

Dólar tem maior queda em quase dois meses e bolsa bate recorde

Gás de cozinha fica R$ 5 mais mais caro em Mato Grosso do Sul
CUSTO DE VIDA

Gás de cozinha já está R$ 5 mais caro em Mato Grosso do Sul

Saques do FGTS movimentam <br>R$ 14,3 milhões em dois dias
ECONOMIA

Saques do FGTS movimentam
R$ 14,3 milhões em dois dias

Gás é reajustado pela Petrobras e preço pode ultrapassar R$ 100 em MS
BOTIJÃO DE 13 QUILOS

Gás de cozinha terá aumento e preço pode ultrapassar R$ 100 em MS

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião