Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 19 de novembro de 2018

nO ESTADO

Receita do setor de serviços
em MS caiu 3% em abril

No Brasil, a mesma pesquisa apontou crescimento

15 JUN 2017Por DANIELLA ARRUDA05h:00

Na contramão do resultado nacional de pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que apontou recuperação do volume do setor de serviços nacional na passagem de março para abril no País, com crescimento de 1%, Mato Grosso do Sul fechou o quarto mês do ano com 3% de queda no segmento.

Comparando com o mesmo mês do ano passado, a retração chega a 13,4%, quarta maior variação negativa entre as unidades da Federação. No ano, a queda acumulada pelo setor no Estado chega a 14,6% e, nos últimos 12 meses, a 11,8%.

Ainda conforme a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) do IBGE, a receita nominal de serviços em Mato Grosso do Sul também registrou resultado negativo na passagem de março para abril (-2,9%). No acumulado do ano, a taxa é de -9,5% e, nos últimos 12 meses, de -7,0%.

De acordo com o IBGE, o setor de serviços cresceu 1% em abril deste ano, depois de ter fechado março com retração de 2,6% na série livre de influências sazonais. O resultado é considerado o melhor para os meses de abril, desde os 2,1% de 2013, e o melhor para o setor, desde março de 2016, quando houve crescimento de 1,2%.

Mesmo assim, o segmento encerrou os primeiros quatro meses do ano com queda acumulada de 4,9%.

Os dados da pesquisa indicam, ainda, que o setor acumula em abril, na comparação com abril de 2016 (série sem ajuste sazonal), retração de 5,6%, a maior para os meses de abril de toda a série histórica e acompanhando as retrações de 5,2% e de 5,3% de março e fevereiro na série do acumulado dos últimos 12 meses, sempre em comparação aos 12 meses imediatamente anteriores. Quando comparado a abril do ano passado, a retração é de 5,6%

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também