Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

FOLHA

Reajuste do mínimo causará impacto de R$ 33 milhões nas prefeituras do Estado

Somente de encargos trabalhistas são R$ 4,6 milhões por ano, segundo cálculo da CNM

1 SET 15 - 18h:01GABRIEL MAYMONE

O reajuste do salário mínimo de R$ 788 para R$ 865,50 em 2016, conforme o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA), causará impacto de R$ 33,2 milhões na folha de pagamento das prefeituras de Mato Grosso do Sul, conforme cálculo realizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM).

A entidade explica que esse valor é subestimado e que o gasto deve ser ainda maior. Só de encargos trabalhistas são R$ 4,6 milhões por ano.Nesse cálculo não estão incluídos os servidores municipais aposentados e as contratações feitas de 2013 até a presente data. O cálculo considera a quantidade de servidores que recebem até um salário mínimo e meio.

Este impacto acontece porque todas as aposentadorias e benefícios sociais têm como piso o salário mínimo. Além disso, as prefeituras, principalmente as de menor porte, têm um grande número de funcionários com até um e meio salário mínimo. Assim, as despesas com pessoal são aumentadas progressivamente.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Petróleo e dólar aliviam pressão sobre contas públicas

Royalties sustentaram crescimento da arrecadação em abril
Motoristas esperam 16 horas em fila <br> para abastecer a R$ 2,50 em Campo Grande
FEIRÃO DO IMPOSTO

Motoristas esperam 16 h em fila para abastecer a R$ 2,50

Mercado de trabalho gera 2,6 mil novas vagas em abril em MS
EMPREGO

Mercado de trabalho gera 2,6 mil novas vagas em abril

Municípios recebem mais do FPM, <BR>mas outros repasses caem
ARRECADAÇÃO

Repasse do FPM aos municípios aumenta, mas outros caem

Mais Lidas