Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PRODES

Prefeitura irá rever incentivos
e pode multar empresas

Programa que incentiva desenvolvimento na Capital passará por revisão e será mais criterioso

5 JAN 19 - 07h:00DA REDAÇÃO

Após 19 anos, o Programa de Incentivos para o Desenvolvimento Econômico e Social de Campo Grande (Prodes) vai passar por uma revisão e promete ser mais criterioso com as empresas que buscam contrapartidas do Executivo para investir na Capital. O secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia (Sedesc), Abrahão Malulei Neto, estuda até mesmo a aplicação de multas para as empresas que não cumprirem com os compromissos firmados.

Recentemente a concessão de isenção de IPTU para o Bosque dos Ipês e ainda incentivos para implantação de nova sede da viação da Cidade Morena, empresa líder do consórcio Guaicurus, provocaram revolta em alguns empresários que alegam que os diretos não são os mesmos para quem está no centro, por exemplo.

Segundo o titular da Sedesc, o novo projeto do Prodes já estava pronto para ser encaminhado para o Legislativo, mas com a mudança dos titulares (Malulei assumiu a Sedesc em setembro)inal ca de 90 dias), serão feitas novas sugestões. 

* Leia a reportagem, de Gabriela Couto e Eduardo Fregatto, na edição deste sábado/domingo do jornal Correio do Estado.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CONTAS ATIVAS E INATIVAS

'Todo ano vai ter', diz Guedes sobre liberação de saques do FGTS

ECONOMIA

Decreto cria comitê técnico para desenvolvimento do mercado de combustíveis

ECONOMIA

FMI reduz projeção de crescimento do PIB do Brasil para 0,8%

ECONOMIA

Novo mercado de gás vai propiciar redução de custo para indústria, diz MME

Mais Lidas