Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Eletrobras

Privatização da Eletrobras
deve gerar R$ 20 bi, prevê governo

Proposta é que sejam colocadas barreiras para impedir concentração

22 AGO 17 - 17h:01Terra

A proposta do Ministério de Minas e Energia de privatizar a Eletrobras, com a venda do controle da elétrica federal, pode gerar uma arrecadação de até R$ 20 bilhões para a União, segundo o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho.

O ministério anunciou na segunda-feira a intenção de desestatizar a empresa e, de acordo com Coelho Filho, o processo será conduzido por meio da emissão de novas ações, diluindo a fatia da União.


"A Eletrobras, como holding, com todos seus ativos dentro, vai entrar nesse pacote...O governo não vende ação; propomos a emissão de novas ações e, ao se fazer isso, as atuais ações serão diluídas, e a (participação da) União será diluída também", explicou ele.

A proposta é que sejam colocadas barreiras para impedir a concentração dessa compra nas mãos de um único investidor ou grupo.

"Vamos fazer uma série de regras para a democratização desse capital e possivelmente limitando-o a uma participação máxima por empresa. Acho (que mesmo assim) não vai faltar interessado, não", disse o ministro.

"Algo muito semelhante com o que se fez com Vale e Embraer no passado", concluiu.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Fiscais defendem gratificação de “produtividade” para aposentados
VERBA EXTRA SOB AMEAÇA

Fiscais defendem gratificação de “produtividade” para aposentados

PLATAFORMA DIGITAL

Resgate eletrônico de depósitos judiciais chega a 12 estados

BRASIL

Após ser criticado, governo recua de decisão de excluir 17 ocupações do MEI

Tarifa de pedágio da ponte sobre Rio Paraguai aumenta 2,83% em janeiro
PREPARE O BOLSO

Tarifa de pedágio da ponte sobre Rio Paraguai aumenta 2,83% em janeiro

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião