Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Combate à inadimplência

Prefeitura de Campo Grande protesta
4,2 mil devedores e amplia receitas

Cobranças ajudaram a elevar arrecadação, mas situação econômica ainda preocupa

18 SET 17 - 07h:00Renata Prandini

A ação de combate à inadimplência já protestou o equivalente a R$ 73,691 milhões em dívidas na Prefeitura de Campo Grande. Ao todo, foram protestados 4,279 mil títulos de março até julho deste ano. 

De acordo com levantamento da Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento (Sefin), somente em dívidas de Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), foram 2,932 mil títulos protestados, o que equivale a uma dívida ativa de R$ 26,366 milhões de contribuintes inadimplentes.  O valor é ainda maior no caso do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), em que o valor cobrado foi de R$ 47,325 milhões, soma de 1,347 mil títulos protestados.

Esses números avaliou o secretário da pasta, Pedro Pedrossian Neto, refletiram diretamente no comportamento das receitas municipais. Somente no mês de agosto, a arrecadação com o IPTU teve crescimento de 20% em comparação ao mesmo período do ano anterior, passando de R$ 12,642 milhões para R$ 15,167 milhões. 

Reportagem completa está na edição de hoje do Correio do Estado

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

A PARTIR DE HOJE

INSS diz que 19 serviços serão digitalizados em junho

MERCADO FINANCEIRO

Dólar recua 1% e tem maior queda do mês com declarações de Trump e Draghi

Exportações na indústia somam US$ 1,5 bilhão em cinco meses
EM CINCO MESES

Exportações na indústia de MS somam US$ 1,5 bilhão

CORREIO RURAL

Bolsonaro lança Plano Safra e elogia atuação de Tereza Cristina

Mais Lidas