Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 16 de novembro de 2018

prodes

Prefeitura da Capital pode cortar
incentivos de empresas

Pente-fino encontrou irregularidades nos termos de 18 empreendimentos

3 JUL 2017Por DA REDAÇÃO07h:00

A Prefeitura de Campo Grande intensificou a fiscalização de empresas em operação que receberam incentivos fiscais por meio do Programa de Incentivo para o Desenvolvimento Econômico e Social de Campo Grande (Prodes). 

Segundo fonte da prefeitura, foram constatados casos que vão desde empresas que usufruíam do benefício depois de encerrado o prazo até prorrogações dos incentivos fora do prazo legal.

De acordo com o secretário da pasta, Luiz Fernando Buainain, até o momento, foram constatadas irregularidades em 18 empresas em funcionamento na Capital.

O índice corresponde a uma média de 10% do total das empresas incentivadas pelo programa em Campo Grande, 180 ao todo. 

No entanto, Buainain reforça que o objetivo da varredura é encontrar uma solução amigável em parceria com as empresas.

“Não se trata só de fiscalização. Estamos principalmente orientando esses empresários. Eles estão recebendo uma correspondência informando a irregularidade detectada e solicitando que nos procure, para que juntos possamos ver qual a melhor saída. Temos de ser justos, não sabemos como esses termos foram elaborados. O nosso objetivo não é punir a empresa de imediato, mas dar tempo para que se regularize”, disse.

O secretário explicou que, desde que foi iniciado esse trabalho, foram feitas reuniões com diversos empresários para tentar a regularização.

*Leia reportagem, de Renata Prandini, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também